Repositório Digital

A- A A+

Desenvolvimento da convencionalidade e especificidade na aquisição de verbos : relações com complexidade sintática e categorização

.

Desenvolvimento da convencionalidade e especificidade na aquisição de verbos : relações com complexidade sintática e categorização

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desenvolvimento da convencionalidade e especificidade na aquisição de verbos : relações com complexidade sintática e categorização
Outro título Development of conventionality and specificity in the acquisition of verbs: relations with syntactic complexity and categorization
Autor Tonietto, Lauren
Orientador Sperb, Tania Mara
Co-orientador Parente, Maria Alice de Mattos Pimenta
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Aprendizagem verbal
Aquisição da linguagem
Crianças em idade pré-escolar
Desenvolvimento da linguagem
Vocabulário
[en] Categorization
[en] Conventionality
[en] Specificity
[en] Syntactic complexity
[en] Verbs lexicon
Resumo Esta tese investigou o desenvolvimento da convencionalidade e especificidade na aquisição de verbos. No Estudo 1, uma amostra de verbos do Português Brasileiro (PB) foi julgada por 605 universitários, em escala likert de 1 a 5 pontos, gerando escores de convencionalidade e especificidade. O Estudo 2 comparou a convencionalidade em 80 crianças divididas em 2 grupos etários (2:0-3:0 e 3:1-4:5) utilizando 2 análises: dicotômica e contínua (escala likert). Os resultados mostraram que ambas são válidas para diferenciar os grupos, embora a contínua apresente vantagens. No Estudo 3, foram analisadas 55 crianças em 2 momentos. Os resultados mostraram um desenvolvimento significativo da convencionalidade e especificidade ao longo do tempo e diferenças significativas entre gêneros: meninas foram mais convencionais e específicas do que meninos. As correlações mostraram uma interdependência entre variáveis linguísticas e cognitivas. O Estudo 4 apresentou diferenças de gênero na organização semântica dos verbos por meio de um modelo gráfico.
Abstract This dissertation investigated the development of conventionality and specificity in the acquistion of verbs. In Study 1, a sample of Brazilian Portuguese (PB) verbs was judged by 605 undergraduate students, in a 1 to 5 points likert scale, generating conventionality and specificity scores. The Study 2 compared conventionality in 80 children divided in 2 age groups (2;0-3;0 and 3;1-4;5) using 2 analyses: dichotomic and continuous (likert scale). The results showed that both are valid to differentiate the groups, although the continuous presents advantages. In Study 3, we analized 55 children in 2 moments. The results showed a significant development of conventionality and specificity through time and significant differences between genders: girls were more conventional and specific than boys. The correlations showed an interdependence between linguistic and cognitive variables. The Study 4 showed gender differences in verbs semantic organization throuth a graphic model.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17823
Arquivos Descrição Formato
000723721.pdf (1.004Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.