Repositório Digital

A- A A+

Descortinando a vivência emocional de mulheres em um centro obstétrico : uma investigação sobre o parto através da aplicação do método bick

.

Descortinando a vivência emocional de mulheres em um centro obstétrico : uma investigação sobre o parto através da aplicação do método bick

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Descortinando a vivência emocional de mulheres em um centro obstétrico : uma investigação sobre o parto através da aplicação do método bick
Outro título Unveiling women's emotional experience in an obstetric ward: an investigation of delivery trough an application of the bick method
Autor Donelli, Tagma Marina Schneider
Orientador Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Emoção
Maternidade
Parto : Psicologia
[en] Assistance to delivery
[en] Bick method
[en] Delivery
[en] Obstetric ward
Resumo O presente estudo aplicou o Método Bick, para fins de pesquisa, com o objetivo de desvendar e conhecer a vivência emocional da mulher sobre o parto. Foram realizadas observações sistemáticas em um Centro Obstétrico durante dezenove meses. As observações foram relatadas, supervisionadas e posteriormente analisadas. Os dados apontam o parto como um momento potencialmente desorganizador que, somado à condição regressiva das parturientes, foi capaz de produzir sobrecarga emocional e desencadear um estado de vulnerabilidade psíquica nas mulheres, mas que produziu impacto emocional também no observador e na equipe. Foi constatado o uso de mecanismos defensivos na equipe, que prejudicava a interação profissional-paciente. O Método Bick possibilitou a aproximação da vivência emocional do parto através da disponibilidade psíquica e da postura não-intrusiva do observador. O estudo sugere a necessidade de revisão das práticas relacionadas ao manejo dos aspectos emocionais das parturientes. Implicações clínicas e para a pesquisa também são abordadas.
Abstract The present study consisted of an application of the Bick method to research aiming to reveal and investigate women's emotional experience of delivery. Observations were carried out in an Obstetric Ward during nineteen months. They were written up, supervised and later analyzed. The results revealed that delivery is a potentially disorganizing moment. Due to women's regressive condition, it may produce emotional overload and trigger a state of psychic vulnerability in women, which had an emotional impact on the observer and the professionals. The use of defensive mechanisms in the professionals was observed which interfered in the professional-patient interaction. The observer's psychic availability and non intrusive position which characterize the Bick method enabled to get in contact with the emotional experience of delivery. The study suggests the need for revising professional practices related to the handling of the emotional aspects of delivery. Both clinical and research implications of the findings are also discussed.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17843
Arquivos Descrição Formato
000725559.pdf (746.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.