Repositório Digital

A- A A+

Avaliação dos fatores associados ao uso de álcool e drogas na criminalidade : um estudo no sistema penitenciário

.

Avaliação dos fatores associados ao uso de álcool e drogas na criminalidade : um estudo no sistema penitenciário

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação dos fatores associados ao uso de álcool e drogas na criminalidade : um estudo no sistema penitenciário
Autor Wellausen, Rafael Stella
Orientador Bandeira, Denise Ruschel
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Comportamento anti-social
Comportamento psicossexual
Criminalidade
Detentos
HIV
Relações familiares
Transtornos mentais
Uso de drogas
[en] Alcohol
[en] Antisocial personality disorder (ASPD)
[en] ASI6
[en] Drugs
[en] Inmates
[en] MINI
[en] PBI
Resumo A presente Dissertação de Mestrado consiste de um capítulo introdutório na qual são apresentados os quatro eixos que formam a estrutura teórica de dois estudos empíricos apresentados em forma de artigos. Os estudos foram realizados no Presídio Central de Porto Alegre e contaram com uma amostra de 50 prisioneiros sem condenação prévia com idades entre 18 e 35 anos. No primeiro estudo foram utilizados dois instrumentos: O Parental Bonding Instrument (PBI) e a Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). Buscou-se verificar a qualidade dos vínculos afetivos entre os presidiários e seus pais, assim como avaliar os principais quadros psiquiátricos que acometem esta população. Para análise dos dados foram realizadas análises estatísticas com o Teste t e o Teste Qui-quadrado. Os resultados desse estudo revelaram a presença de diversos transtornos psiquiátricos e problemas no vínculos afetivos entre pais e filhos. Houve alta incidência de uso/dependência de drogas sendo a maconha e o crack as mais consumidas. Aqueles prisioneiros que apresentavam um Transtorno Antissocial de Personalidade (TASP) também apresentavam fracasso biparental. Independentemente do diagnóstico psiquiátrico os crimes mais freqüentes foram os contra o patrimônio. O segundo estudo procurou investigar a relação entre uso de álcool e drogas e comportamento sexual de risco para HIV/AIDS. Neste estudo o Addiction Severity Index (ASI6) foi o instrumento utilizado para avaliar gravidade de dependência e comportamento sexual. Os resultados indicaram que com o advento do crack houve uma redução no número de usuários de drogas injetáveis (UDI). Apesar disso, foi verificado que o risco para a contaminação com o vírus do HIV ainda é alto entre os prisioneiros. Duas são as possíveis razoes: um descuido geral em relação à saúde, e o sexo ter-se tornado uma moeda de troca por drogas. Ambos os estudos têm relevância uma vez que revelaram aspectos pouco conhecidos sobre a realidade daqueles que se encontram aprisionados.
Abstract The present Master's Dissertation consists of an introductory chapter in which four axes are presented. They constitute the theoretical structure involving two empirical studies presented in article format. The studies were carried out at the Presídio Central in Porto Alegre. The sample comprised 50 inmates, ranging from 18 to 35 years old. In the first study, two instruments were used: The Parental Bonding Instrument (PBI) and the Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). It attempted to verify the quality of affective bonds between the inmates and their parents as well as to assess the main psychiatric histories which affected this population. For the data statistical analysis, the t Test and the Chi-square Test were used. The results revealed the presence of several psychiatric disorders and problems involving the affective bonds between parents and their sons. There was a high incidence of the use/dependency of drugs, with marijuana and crack being the most used. Those inmates who presented Antisocial Personality Disorder (ASPD) also presented biparental failure. Independently from the psychiatric diagnosis, the most frequent crimes are the ones against the patrimony. The second study investigated the relation between the use of drugs and the risky sexual behavior for HIV/AIDS. In this study, the Addiction Severity index (ASI6) was the instrument used to assess the severity of dependency and sexual behavior. The results showed that, with the advent of crack, there was a decrease in the number of injecting drug users (IDU). Nevertheless, it was found that the risk for contamination with the HIV virus is still high among the inmates. There are two possible reasons for this to happen: a general disregard with health and the fact that sex became a certain kind of currency to be exchanged for drugs. Both studies are relevant since they demonstrate some unknown aspects about the reality of those inmates.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17846
Arquivos Descrição Formato
000725702.pdf (640.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.