Repositório Digital

A- A A+

Distribuição dos homicídios em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 2007 : contexto sócio-espacial e fatores determinantes

.

Distribuição dos homicídios em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 2007 : contexto sócio-espacial e fatores determinantes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Distribuição dos homicídios em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 2007 : contexto sócio-espacial e fatores determinantes
Autor Secretti, Tatiani
Orientador Riboldi, João
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Condições sociais
Distribuição espacial da população
Epidemiologia
Homicídio
[en] Homicides
[en] Sensitive areas
[en] Spatial analysis
Resumo Introdução: As mortes por homicídio ocupam posição de destaque, principalmente nos grandes centros urbanos brasileiros. Para a mídia e a opinião pública, homicídios associados ao uso e à venda de drogas são a face mais atemorizante e visível da violência urbana. Objetivos: Neste contexto, esta pesquisa teve como objetivo analisar o perfil e o padrão de distribuição das vítimas de homicídios, em Porto Alegre, em 2007, buscando identificar áreas críticas, ou seja, áreas de maior intensidade de homicídios, e conhecer as características socioeconômicas dessas áreas. Método: Estudo transversal dos casos de homicídios ocorridos em Porto Alegre, no ano de 2007. Realizou-se um estudo descritivo e análise espacial de Kernel, para a distribuição das residências das vítimas de homicídios e identificação da densidade populacional. Conforme as taxas de homicídios, os bairros foram agrupados e comparados segundo os indicadores socioeconômicos. Resultados: A maioria das vítimas era jovem e do sexo masculino. O grupo etário mais atingido foi o de 20 a 29 anos (adultos jovens). Com relação às causas básicas de morte, a arma de fogo foi o meio mais utilizado para cometer os homicídios. Foi possível identificar áreas críticas, com maior intensidade de homicídios, regiões que coincidem com a existência de vilas irregulares, em condições precárias. Verificou-se, ainda, a existência de uma rota de expansão dos homicídios, em direção ao norte da cidade. Além disso, observou-se que o grupo de bairros com maiores taxas de homicídios apresentou piores condições socioeconômicas. Conclusões: Foram constatadas regiões críticas da violência na cidade de Porto Alegre, com alta concentração de vítimas de homicídios. Poder-se-ia pensar numa forma de desenvolver programas de prevenção para a redução dos homicídios nessas áreas. Desse modo, é possível apontar os melhores locais para os pontos de apoio dos órgãos de segurança pública, para que sejam avaliados os recursos e serviços disponíveis e, dessa forma, otimizados os investimentos. A população que reside nessas áreas críticas poderia ser, portanto, beneficiada por um maior controle e segurança.
Abstract Introduction: The number of deceases by homicides are high, numbers that are even higher mainly in big cities in Brazil. For the media and the public opinion, the homicides that are linked to the usage and commerce of drugs are the scariest and most apparent situation of urban violence. Objectives: In this context, this research had as a goal the analysis of the profile and standards of the distribution of the homicides victims in Porto Alegre in 2007, trying to identify the most sensitive areas, i. e., areas where the number of homicides were even higher, and to know the social and economic characteristics of those areas. Methods: Transversal study of the homicides cases that happened in Porto Alegre in 2007. A descriptive study and Kernel spatial analysis were done, to measure the distribution of the residences of the victims of homicides and to identify the population density. Observing the rates of homicides, the neighborhoods were grouped and compared according to their social and economic characteristics. Results: The majority of the victims were young male. The age group that was higher was the one from 20 to 29 years old (young adults). Concerning the basic causes of death, the fire weapon was the most used means to commit homicides. It was possible to identify environmentally sensitive areas, with a higher number of homicides, in regions where there are illegal settlements, with precarious conditions. It was verified the existence of an expansions homicides route in the direction of the north of the city. Besides, it was observed that the group of neighborhoods with the highest rates of homicides presented the worst social and economic conditions. Conclusions: It was identified sensitive violent regions in Porto Alegre, with a high concentration of homicides victims. A program for reduction and prevention of homicides could be thought for those areas. In this way, it is possible to point out the best places for public security support unities, so that the available resources and services can be evaluated and, so, having optimized investments. The population that live in those sensitive areas could be, in this way, benefited by a better and higher control and security.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17898
Arquivos Descrição Formato
000725879.pdf (1.746Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.