Repositório Digital

A- A A+

Docência Compartilhada : dispositivo pedagógico para acolher as diferenças?

.

Docência Compartilhada : dispositivo pedagógico para acolher as diferenças?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Docência Compartilhada : dispositivo pedagógico para acolher as diferenças?
Autor Kinoshita, Julia Harue
Orientador Baptista, Cláudio Roberto
Data 2009
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Educação Especial e Processos Inclusivos.
Assunto Educação especial
Inclusão escolar
Resumo Este trabalho teve como objetivo analisar a docência compartilhada, considerada um dispositivo pedagógico que favorece o acesso e a permanência de alunos com necessidades educativas especiais em turmas regulares do ensino fundamental. Para o desenvolvimento das reflexões acerca desse tema, foi considerada a experiência da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre e a proposta de Ciclos de Formação implementada nesta rede desde os anos 90 do Século XX. Com o objetivo de promover os processos de ensino/aprendizagem a proposta de Ciclos de Formação associa-se a uma rede de apoios diferenciados, com destaque para: o professor itinerante, o Laboratório de Aprendizagem, as Salas de Integração e Recursos, além das Turmas de Progressão. Estas últimas são espaços destinados aos alunos com defasagem entre sua faixa etária e a escolaridade e também a proceder à adaptação de novos alunos à proposta de ciclos. O presente trabalho surge do debate sobre os riscos de estagnação de um espaço transitório como as Turmas de Progressão e da necessidade de construção de alternativas para alunos que, apesar de suas dificuldades de aprendizagem, têm avançado no processo de escolarização. Assim, tomou-se em análise uma experiência específica de uma escola municipal - Escola Gilberto Jorge - na tentativa de compreender o processo de implantação de uma experiência iniciada em 2006, a qual consiste na entrada de dois professores, nas turmas regulares em que há alunos com necessidades educativas especiais, para qualificar o atendimento e o processo de ensino/aprendizagem da turma como um todo. A análise apóia-se no olhar da pesquisadora que atua como professora, do III Ciclo na mesma escola. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que procurou valorizar diferentes fontes como: levantamento bibliográfico; análise de documentos internos; relatos de experiências. Como principal conclusão afirma-se que o dispositivo de docência compartilhada, como apoio de processos inclusivos, recoloca no centro de seu projeto a convivência comum em sala de aula, entre alunos com e sem deficiência, princípio fundamental da Educação Inclusiva. Possibilita ações pedagógicas individualizadas e estabelece o respeito ao ritmo próprio de aprendizagem.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/17909
Arquivos Descrição Formato
000726079.pdf (345.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.