Repositório Digital

A- A A+

Perfil das internações por insuficiência renal aguda baseado no SIH/SUS no RS no período de 2002 a 2004

.

Perfil das internações por insuficiência renal aguda baseado no SIH/SUS no RS no período de 2002 a 2004

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil das internações por insuficiência renal aguda baseado no SIH/SUS no RS no período de 2002 a 2004
Autor Montenegro, Rosangela Munhoz
Orientador Rosa, Roger dos Santos
Data 2009
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Especialização em Saúde Pública.
Assunto Hospitalização
Insuficiência renal aguda
Morbidade
Recursos em saúde
Sistema Único de Saúde.
[en] Acute renal failure
[en] Hospitalization
[en] Morbidity
[en] Resources in health
[en] SUS
Resumo Introdução: A incidência da insuficiência renal aguda (IRA) varia de 17 a 949 pacientes por pmp e apesar dos avanços tecnológicos continua associada a pobres prognósticos. Objetivos: Analisar as internações devido a IRA no SIH/SUS do RS de 2002-2004. Metodologia: Foram coletados dados demográficos (região de residência, sexo e faixas etárias) e de desfecho (internações em UTI e óbitos) e calculados indicadores expressos por coeficientes e médias. Resultados: Os residentes do RS tiveram 2.280.861 internações SUS, destas, 2.276.425 internações foram no próprio RS. Foram encontradas 2907 internações que tiveram diagnóstico de IRA. Destas, 2905 foram do RS e 2 internações de fora do estado. Os coeficientes de hospitalização e de letalidade por IRA atingiram respectivamente 92 pmp e 0,15. Sua freqüência predominou nos homens com idade superior a 40 anos. Quando relacionada idade, sexo e UTI, os homens tiveram maiores coeficientes de letalidade em todas as faixas etárias. A média de permanência hospitalar por paciente foi similar em todas as faixas etárias em ambos os sexos. O valor do custo médio anual das internações por IRA encontrada foi de R$ 859,85 reais por paciente. Considerações finais: Existem poucos dados globais sobre a epidemiologia da IRA. Sabe-se que o registro no SIH/SUS é limitado e dependente do médico que o registra.Os conhecimentos destes dados podem auxiliar na promoção da prevenção e de estratégias para implementar os recursos adequados para a gestão desta doença.
Abstract Introduction: The incidence of acute renal failure (ARF) varies from 17 to 949 pmp and despite continuing technological advances associated with poor prognosis. Objectives: To analyze the hospitalizations due to ARF in the SIH / SUS from RS 2002-2004. Methodology: We collected demographic data (region of residence, sex, age) and outcome (hospitalization in the ICU and mortality) and calculated indicators expressed by coefficients and averages. Results: The residents of the RS had 2,280,861 admissions SUS, these, 2,276,425 were in the hospital RS. Were 2907 admissions had a diagnosis of ARF. Of these, 2905 were of the RS and 2 admissions from outside the state. The rates of hospitalization and mortality by IRA hit 92 pmp and 0.15 respectively. Its frequency among the men aged over 40 years. When connected age, gender, and ICU, was found that men had higher rates of mortality at all ages. The average hospital stay per patient was similar in all age groups in both sexes. The value of the average annual cost of hospitalizations for ARF was found R$ 859.85 per patient. Final considerations: There are few comprehensive data on the epidemiology of ARF. It is known that the record in the SIH / SUS is limited and dependent on medical knowledge. That these data may help to promote prevention strategies and to deploy adequate resources to manage this disease.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/17950
Arquivos Descrição Formato
000725420.pdf (298.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.