Repositório Digital

A- A A+

A representação das práticas socioculturais de crianças e adolescentes do jornal Boca de Rua: a experiência do boquinha

.

A representação das práticas socioculturais de crianças e adolescentes do jornal Boca de Rua: a experiência do boquinha

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A representação das práticas socioculturais de crianças e adolescentes do jornal Boca de Rua: a experiência do boquinha
Autor Anselmo, Márcia Almeida
Orientador Muller, Karla Maria
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Boca de Rua (Jornal). Boquinha
Comunicação comunitária
Identidade cultural
Representação social
[en] Citizenship
[en] Communication community
[en] Cultural identity
[en] Social representation
Resumo O trabalho apresentado desenvolve-se na perspectiva dos estudos de comunicação e cultura. Considera-se que as relações sociais estabelecidas, em decorrência da globalização, colocam os sujeitos em situações que podem resultar em processos de desigualdade social. Considerando os efeitos que o contexto socioeconômico provoca na condição infanto-juvenil, pergunta-se se o acesso de crianças e adolescentes à produção do Boquinha, encarte do jornal Boca de Rua, pode representar uma proposta de ação emancipatória. Neste sentido, observa-se quais características emergem da produção e transmissão, construção e recepção das formas simbólicas, analisando as identificações do grupo. Para isso, utiliza-se o referencial teórico-metodológico da Hermenêutica de Profundidade, proposto por Thompson (2002), para analisar o processo de comunicação do jornal e descobrir a representação desenvolvida pelas crianças e adolescentes. Constata-se que a prática jornalística, produzida na esfera cultural, permite que os produtores criem histórias, sob a ótica da comunicação comunitária, servindo de instrumento para a construção de ações emancipatórias e para a constituição de identidades juvenis cidadãs.
Abstract The work is presented in the context of studies of communication and culture. It is considered that the social relationships established as a result of globalization, place the subject in situations that may arise in processes of social inequality. Considering the effects of the socioeconomic context causes the children's condition, question whether the access of children and adolescents to the production of the Boquinha, the newspaper insert Boca de Rua, may represent a proposal for emancipatory action. Accordingly, it is observed that features emerging from the production and transmission, construction and reception of symbolic forms, examining the identity of the group. To do so, uses the theoretical framework and methodological Depht Hermeneutics, proposed by Thompson (2002), to analyze the communication process of the newspaper and find the representation developed by children and adolescents. It appears that journalistic practice, produced in the cultural sphere, allows producers create stories, from the viewpoint of the communication community, serving as a tool for the construction of emancipatory action and the formation of youth identities citizens.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17975
Arquivos Descrição Formato
000726802.pdf (2.124Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.