Repositório Digital

A- A A+

Transformações na paisagem urbana de Santa Vitória do Palmar-RS : relações sociais, políticas de habitação e a produção da cidade

.

Transformações na paisagem urbana de Santa Vitória do Palmar-RS : relações sociais, políticas de habitação e a produção da cidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transformações na paisagem urbana de Santa Vitória do Palmar-RS : relações sociais, políticas de habitação e a produção da cidade
Autor Ferreira, Leniza Rodrigues
Orientador Soares, Paulo Roberto Rodrigues
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Geografia urbana
Paisagem urbana
Santa Vitória do Palmar (RS)
[en] City-countryside
[en] Housing policies
[en] Small cities
[en] Urban landscape
Resumo Com o advento da modernização e tecnificação da agricultura, as cidades locais especializam-se para atender a determinados tipos de produção que se encontram desenvolvidas no seu entorno rural. Esses fatores podem ser observados no município de Santa Vitória do Palmar, situado no extremo sul do estado do Rio Grande do Sul. A urbanização afeta tanto a cidade como o campo, e induz mudanças análogas; o que nos leva a questionar de que maneira, através e a partir da paisagem urbana, pode ser percebido o movimento inerente ao processo de (re) produção espacial e seu conteúdo. Esta pesquisa apresenta uma discussão sobre as relações sociais que consolidam a estrutura atual da cidade de Santa Vitória do Palmar, bem como sobre o papel do poder público no processo de produção da cidade e definição de seu papel urbano. Ao longo dos anos, observa-se uma diminuição da população total do município e da população rural, e aumento da população urbana, visto que a cidade torna-se residência dos trabalhadores agrícolas. A expansão da população urbana faz surgir novos atores sociais o que traz consequências políticas importantes, implicando analisar quais escalas de agentes sociais e relações de poder que atuam neste local. A especialização de atividades e do comércio para atender o processo de produção realizado no campo, bem como a construção de moradias populares por parte do poder público para atender a população de baixa renda, proveniente do campo, são mudanças perceptíveis na paisagem da cidade que traduzem as relações existentes na sociedade. Portanto, analisar as mudanças impressas na paisagem urbana é uma maneira de compreender o mundo em que vivemos, ou seja, o espaço da sociedade humana, onde os homens habitam e, ao mesmo tempo, produzem modificações que constroem e (re) constroem a si e ao espaço permanentemente.
Abstract As modernization and implementation of technologies in agriculture arise, local cities specialize to assist some kinds of production which are developed at the rural areas. These aspects may be observed in the city of Santa Vitória do Palmar, which is in the Deep South of Rio Grande do Sul state. Urbanization affects both city and countryside, and it takes to analogue changes. These changes lead us to question how the intrinsic movement to the process of spatial (re)production and its content may be understood through and from urban landscape. This research presents a discussion about social relationships which consolidate the current structure of Santa Vitória do Palmar, as well as the public administration's role in the process of production of the city and the definition of its urban role. Over the years, it is observed that the total amount of people of the city and the countryside is decreasing, while the urban population is increasing, as the city is home of many farmers. The expansion of urban population creates new social actors, which brings important political consequences, implying the analysis of the kinds of social agents and the relations of power in this place. The government's specialization of activities and trade intending to answer to the process of production in the countryside, as well as to build popular dwellings to help low class people, from the countryside, are noticeable changes in the landscape of the city, which translate the relationships in the society. Therefore, analyzing changes in the urban landscape is a way of understanding the world where we live, in other words, the space of human society, where men live and, at the same time, produce changes to (re)build themselves and their space permanently.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17977
Arquivos Descrição Formato
000727023.pdf (2.907Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.