Repositório Digital

A- A A+

Construção coletiva do conhecimento : forma de atuação dos sujeitos em ambientes digitais/virtuais de aprendizagem

.

Construção coletiva do conhecimento : forma de atuação dos sujeitos em ambientes digitais/virtuais de aprendizagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Construção coletiva do conhecimento : forma de atuação dos sujeitos em ambientes digitais/virtuais de aprendizagem
Autor Lima, Maria de Fatima Webber do Prado
Orientador Tarouco, Liane Margarida Rockenbach
Co-orientador Santarosa, Lucila Maria Costi
Data 2003
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.
Assunto Ambiente de aprendizagem
Aprendizagem colaborativa
Computador na educação
Construção do conhecimento
Ensino à distância
Informática
Relação professor-aluno
Tecnologia digital
[en] Colaborative work
[en] Computer-aided education
[en] Digital/virtual education environments
[en] Distance education
[en] Groupware
[en] Teacher's and students' behavior
Resumo Esta tese tem como objetivo contribuir na identificação da forma de atuação de alunos e professores na construção coletiva do conhecimento em ambientes digitais/virtuais de aprendizagem a distancia, com intuito de fornecer subsídios para a construção de ambientes educacionais informatizados que privilegiem o desenvolvimento das estruturas cognitivas dos alunos através do trabalho em grupo. Para alcançar este objetivo, o trabalho utilizou os fundamentos teóricos de Vygotsky e Freinet, fundamentos da teoria de grupos e interação e um estudo sobre as ferramentas computacionais disponíveis. A metodologia empregada neste trabalho utiliza os m6todos qualitativos e quantitativos. A análise qualitativa será realizada através de dois estudos de caso: o primeiro refere-se a disciplina Informática para Educadores ministrada no curso de pós-graduação Lato-Senso Informática na Educação ministrada pelo Programa de Pós-graduação em Informática na Educação da UFRGS. 0 segundo e o curso de Gerenciamento de Redes oferecido pelo Ponto de Presença da Rede Nacional de Pesquisa em Porto Alegre. Nestes casos serão investigados a forma de atuação dos sujeitos através da análise dos chats realizados. O método quantitativo será utilizado para complementar o m6todo qualitativo, mostrando uma visão global da análise realizada. Através da análise dos estudos de caso, pode-se verificar que os sujeitos que participam de um ambiente de aprendizagem virtual/digital possuem um comportamento muito semelhante escola tradicional: o professor apresentando uma postura empirista e o aluno uma conduta passiva, sem autonomia. Das cinco hipóteses realizadas no inicio do trabalho, apenas duas foram comprovadas: (1) em um ambiente a distancia a comunicação evolui de um estagio bilateral para um estagio multilateral; (2) os ambientes educacionais informatizados não estão preparados para dar suporte ao trabalho em grupo segundo a perspectiva sócio-cognitiva. Por outro lado, três hipóteses não foram comprovadas: (1) a participação do aluno evolui da participação passiva para a participação debatedora e sintetizadora; (2) a intervenção do professor evolui de um suporte intenso para um suporte suave, e (3) o aluno adquire autonomia e aprende a trabalhar colaborativamente.
Abstract The goal of this thesis is to contribute in the identification how students and teachers act in order to construct of the knowledge in digital/virtual distance learning environments. The identification will supply subsidies for the construction of educational environment whose priority is to develop the students' cognitive structures through groupware. For reaching this goal, the work is based on Vygotsky and Freinet's theories and group theory and on the study of available computational tools. The methodology of this work uses the qualitative and quantitative methods. The qualitative analysis has came from two cases: a lecture of the Graduate Course Computer Science for Educators (UFRGS) and a lecture of a Network Management Course. Both have allowed to analise now the agents (students and teachers) act in this environment. The quantitative method was a complement of the qualitative one, in order to provide a global view of analysis. By the cases we have noted the agents' behavior of a virtual/digital learning environment and the agents' behavior of a "classical" learning environment are alike: the teachers' empiricist conduct and passive students without autonomy. In a hand from the five initial hypothesis of the work, only two had been proven: (1) in a long-distance environment the communication goes from a 1:1 form to N:N one; (2) Computer-aided educational environments are not ready to provide support for groupware according a social-cognitive perspective. On the other hand, three hypothesis had not been proven: (1) students' participation evolute from a passive participation to a critical participation; (2) teacher's intervention evolute from a intensive support to a soft support, and (3) the students acquire autonomy and learning to work in a colaborative way.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/18245
Arquivos Descrição Formato
000449583.pdf (42.73Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.