Repositório Digital

A- A A+

Entre educação, remédios e silêncios : trajetórias, discursos e políticas de escolarização de crianças hospitalizadas

.

Entre educação, remédios e silêncios : trajetórias, discursos e políticas de escolarização de crianças hospitalizadas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Entre educação, remédios e silêncios : trajetórias, discursos e políticas de escolarização de crianças hospitalizadas
Autor Weber, Carine Imperator
Orientador Dornelles, Leni Vieira
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Biopolítica
Criança hospitalizada
Disciplina
Escolarização
Infância
[en] Biopolitics
[en] Childhood
[en] Child hospitalized
[en] Discipline
[en] Foucault, Michel
[en] Hospital classes
[en] Schooling
Resumo Partindo da emergência das políticas de educação para as crianças hospitalizadas no Brasil, esta Dissertação de Mestrado em Educação traz alguns recortes históricos que tentam dar conta da visibilidade desta infância hoje. Este escrito se trama nas minúcias dos discursos sobre a invenção da infância moderna, da escola e do hospital, e ainda do encontro dessas instituições, materializadas em uma modalidade de atendimento específica de poder sobre a vida: as Classes Hospitalares. Entende-se que esta modalidade faz parte de uma rede de estratégias de afirmação da vida das crianças no hospital. Faz-se uso do pensamento de Michel Foucault, sobre as relações de poder/saber/verdade, que se imbricam nas disciplinas sobre as crianças, como a pediatria e a puericultura, e que atravessam os discursos na/sobre a escola no hospital. Buscou-se, desta forma, analisar os enunciados de alguns textos oficiais brasileiros, como a Política Nacional de Educação Especial (1994), os Direitos da Criança e do Adolescente Hospitalizados (1995), e ainda o documento do Ministério da Educação, intitulado Classe hospitalar e atendimento pedagógico domiciliar: estratégias e orientações (2002). Estes documentos foram tencionados com alguns textos acadêmicos especializados, que tratam da captura e normalização, pela escolarização, destes seres que parecem estar duplamente fugidios: por serem crianças e, ainda, doentes.
Abstract Beginning from the emergence of education politics for hospitalized children in Brazil, this paper for Master Degree of Education brings some historical clippings, trying to handle the visibility of childhood today. This writing whether the plot details of the speeches on the invention of modern childhood from school or hospital, and in the meeting of these institutions, materialized in a modality of treatment, specific of on life power: the Hospital Classes. Such modality is realized as being part of a network of life assertion strategies by children in a hospital. Using the Michel Foucault's thought, on relations of power/knowledge/true that imbricates in disciplines about the children like pediatrics and childcare, and that crosses discourses in/about school in the hospital. So, this work aimed to analyze the statements from some official Brazilian documents, as the National Policy for Special Education (1994), the Declaration of Rights of the Hospitalized Children and Adolescents (1995), as well as the document by the Ministry of Education so called - Hospital class and home pedagogical care: strategies and guidance (2002). Such documents have been planned together with some specialized academic texts, which concerned with capture and normalization by schooling, these beings which appear to be doubly elusive: because children and patients are too.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/18255
Arquivos Descrição Formato
000727605.pdf (963.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.