Repositório Digital

A- A A+

Agricultura familiar e dinâmicas das relações sociedade-natureza em área de fronteira agrária na Amazônia oriental

.

Agricultura familiar e dinâmicas das relações sociedade-natureza em área de fronteira agrária na Amazônia oriental

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Agricultura familiar e dinâmicas das relações sociedade-natureza em área de fronteira agrária na Amazônia oriental
Autor Oliveira, Myriam Cyntia Cesar de
Orientador Almeida, Jalcione Pereira de
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Agricultura familiar
Amazônia
Desenvolvimento rural
Meio ambiente
[en] Agrarian frontiers
[en] Amazon
[en] Familiar farmers
[en] Relation society-nature
[en] Social reproduction
[en] Strategies
Resumo As dinâmicas das relações sociedade-natureza nas fronteiras agrárias da Amazônia oriental, e em particular na que envolve a região de Marabá no sudeste do Pará, historicamente, tem se caracterizado por um ritmo extremamente acelerado de transformação da paisagem e de forte pressão sobre os elementos naturais estando, em geral, associados aos processos de ocupação e à adoção de formas relativamente nocivas de exploração do meio natural. Nos últimos 15 anos, no entanto, estão ocorrendo transformações significativas nessa região, principalmente após a implementação de políticas como as de reforma agrária, de apoio à agricultura familiar e ambiental. Essas transformações têm se dado de diferentes maneiras e provocado efeitos que se refletem sobre as dinâmicas atuais das relações sociedade-natureza. O objetivo geral dessa tese foi, então, o de compreender e analisar as mudanças ocorridas nessas relações, escolhendo-se para isso a observação das estratégias de reprodução social adotadas pelos agricultores familiares, já que esta é uma das categorias sociais mais importantes na configuração do espaço regional. Mediante esse contexto e a complexidade da região, foram formuladas duas questões centrais: a primeira centrada em como compreender melhor as relações sociedade-natureza em espaços como esse que contêm grande complexidade; e a segunda, que procura investigar quais os elementos sociais e naturais existentes hoje que influenciam mais significativamente na definição das estratégias de reprodução social e, consequentemente, nas dinâmicas das relações sociedade-natureza estabelecidas pelos agricultores familiares nessa região. Dessa maneira, foi realizada uma pesquisa de campo ao longo de 2007 e foram adotados dois referenciais teórico-metodológicos: um baseado sobre uma perspectiva epistemologicamente mais integradora das relações sociedade-natureza; e outro que se baseia sobre a noção de que o processo global de reprodução social envolve os subprocessos de reprodução material e simbólica e cultural. Após análise de dados secundários, levantamentos de dados primários a partir de entrevistas com roteiros semiestruturados e questionário e observação direta no campo, concluiu-se que os efeitos produzidos nessa região não se dão de maneira uniforme devido à diversidade interna existente, expressa pelas duas situações agrárias identificadas: situação agrária das áreas de ocupação mais antiga e situação agrária das áreas de ocupação mais recente. As principais estratégias adotadas pelos agricultores são definidas e se caracterizam conforme as condições naturais e sociais disponíveis em cada uma dessas situações e mostram que é sua capacidade inovativa e de adaptação que explica como garantem a reprodução social da família. Constatou-se que esse novo contexto regional não tem produzido mudanças mais profundas nas concepções de natureza dos agricultores, mas que tem havido alterações em suas percepções sobre os elementos naturais. Essas constatações mostraram que, em geral, as atuais dinâmicas têm sido influenciadas significativamente por variáveis associadas, principalmente, às condições do meio natural e à implementação de políticas públicas. A análise das estratégias possibilitou também concluir que as dinâmicas das relações sociedadenatureza que estão se desenvolvendo na região de Marabá, em geral, se caracterizam por processos mistos no sentido que tanto produzem efeitos negativos ao ambiente, quanto contribuem para a diminuição da pressão sobre o meio natural.
Abstract The dynamics of society-nature relations in the agrarian frontiers from the oriental Amazon and, particularly this one which involves the region of Marabá on the southeast of Pará, historically, has been characterized by an extremely accelerated rhythm of transformation of the landscape and of a strong pressure over the natural elements which are generally associated with the occupation processes and the adoption of exploration forms which are relatively nocives to the natural environment. However in the last 15 years, significant changes on this region are occurring, especially after the implementation of politics such as land reforming, the ones which give support for the familiar agriculture and for the environment. These changes are occurring on different ways and provocating effects which reflect over the actual dynamics of the society-nature relations. The general objective of this thesis is to comprehend and analyze the changes that occurred on these relations, choosing the strategies of social reproduction adopted by the familiar farmers, since this fact is one of the most important social categories on the configuration of the regional space. Through this context and because of the complexity of the region, we formulated two central questions: the first one focusing on how to understand better the society-nature relations on spaces with great complexity; and the second one that tries to investigate which social and natural elements exist today that influence more significantly on the definition of strategies of social reproduction and, consequently on the dynamics of the society-nature relations established by the agricultural farmers on this region. On this way we did a field research in 2007 and we adopted two theorical-methodological references: one based over a perspective epistemological more integrative of the relation society- nature and the other one based on the notion that the global process of social reproduction involves the subprocesses of material and symbolical and cultural reproduction. After analysis of the secondary dates, survey of the primary dates through interviews with semi-structurated routs and a questionnaire and direct observation on the field, we concluded that the effects produced on this region don't get on a uniformly way because of the intern diversity which exists expressed on two agrarians situations we identified: the agrarian situation of the areas which were occupied older and the agrarian situation of the areas which were occupied earlier. The mainly strategies adopted by the farmers were defined and are characterized with accordance to the natural and social conditions disposable in each situation and show that it is its innovative capacity and of adaptation which explains how to warranty the social reproduction of the family. We evidenced that this new regional context didn't produce deeper changes on the concepts of nature of the farmers, but that they changed their perceptions about the natural elements. This evidences showed that, in general, the actual dynamics had been influenced significantly by associated variables, mainly, to the conditions of the natural environment and to the implement of public policies. The analysis of the strategies permitted also to conclude that the dynamics of the society-nature relations which are developing on the region of Marabá, generally, are characterized by mixed processes on such a way that they produce negative effects to the environment and also contribute to a decrease of the pressure over the natural environment.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/18315
Arquivos Descrição Formato
000725037.pdf (8.618Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.