Repositório Digital

A- A A+

Condições socioeconômicas e estabilidade política em cinco democracias da América Latina

.

Condições socioeconômicas e estabilidade política em cinco democracias da América Latina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Condições socioeconômicas e estabilidade política em cinco democracias da América Latina
Autor Tarragó, Eduardo
Orientador Baquero Jacome, Cesar Marcello
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto América Latina
Democracia
Estabilidade política
[en] Democracy
[en] Latin america
[en] Political stability
Resumo Este trabalho tem como objetivo analisar uma possível correlação existente entre as condições socioeconômicas das populações de cinco democracias latinoamericanas, indicadas pelos seus IDH (2006) e a estabilidade política, medidas no período de 1990 a 2006, segundo a metodologia do OPSA (Observatório Político Sul-Americano). Busca-se testar a hipótese de que as condições socioeconômicas da população produzem uma maior estabilidade política. Os dados foram submetidos a tratamento estatístico e constatou-se a existência da correlação entre as duas variáveis examinadas numa direção inferencial. A compreensão dessa associação numa perspectiva histórica validou o modelo aqui proposto, respaldando a teoria da estabilidade política proposta por Seymour Lipset e utilizada como marco teórico deste trabalho.
Abstract The study has as its main objective to analyze a possible correlation between socioeconomic conditions of the populations of five Latin American countries operationalized in terms of the Human Development Index (HDI, 2006) and political stability, measured from 1990 to 2006, according to the methodology proposed by the South American Political Observatory (OPSA). This study seeks to test the hypotheses that better socioeconomic conditions of the population produce better political stability. Through the use of linear regression this association was confirmed in an inferential direction. The understanding of this relation within a historical perspective validated the model proposed in this study, supporting Lipset´s theory of political stability which is utilized as the theoretical framework of our research.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18366
Arquivos Descrição Formato
000728378.pdf (304.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.