Repositório Digital

A- A A+

Resisitir, problematizar e experimentar como desdobramentos do aprender

.

Resisitir, problematizar e experimentar como desdobramentos do aprender

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Resisitir, problematizar e experimentar como desdobramentos do aprender
Autor Kreutz, José Ricardo
Orientador Axt, Margarete
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Aprendizagem
Estética
Ética
Formação
Professor
Resistência
[en] Aesthetics
[en] Ethics
[en] Experimentation
[en] Learning
[en] Locks
[en] Projeto civitas
[en] Teacher
Resumo Esta tese é um estudo sobre três possíveis signos desdobrados pelos díspares do aprender, que são: (1) Resistência; (2) Ideias-Problema; (3) Experimentações. A investigação teórica e empírica, gerada pelos registros do diário de anotações, é narrada pelo personagem conceitual intitulado filosofeiro, que busca perscrutar os processos de individuação de tais signos no aprender que acontece no grupo de estudos de professores inserido no Projeto CIVITAS (Cidades Virtuais: Tecnologias de Aprendizagem e Simulação - LELIC/PPGEdu/UFRGS). O desdobramento dos signos do aprender se disparatam nos contextos (1) Político de referência; (2) Ético de imanência e (3) Estético de composição. Como metodologia, o estudo lança mão de uma perspectiva cartográfica do grupo de estudos de professores, o qual tem, como consigna, o uso do diário de anotações, a partir do qual é feita uma análise dos desdobramentos do aprender no processo de formação de professores em serviço. O estudo em questão também procura fazer uma discussão da articulação entre os signos no programa de experimentação promovido pelas regras do CIVITAS. O texto está estruturado a partir de uma apresentação do problema e da metodologia de investigação, situando o contexto do município de Sobradinho/RS/Brasil, cidade onde a experimentação com os professores foi realizada. Estabelece, também, uma relação entre essa experimentação e as políticas públicas de formação de professores. O plano político apresenta o signo resistência no contexto da experimentação, fazendo tensão aos modos de referência da ordem do mundo que influenciam a formação de professores e reforçando o modo indivíduo na educação. O plano da ética propõe que o signo idéia-problema exige uma nova forma de pensar, designada de eclusamento, pelo qual as faculdades do pensamento não concordam para o mesmo objeto, sugerindo que essa violência do pensamento gera problematizações no exercício cotidiano do aprender. Finalmente, o plano da estética ocupa-se com o contexto das composições, no qual o filosofeiro apresenta o signo da experimentação e algumas histórias de cidades inventadas em sala de aula junto com as crianças do projeto CIVITAS. Nesse contexto, onde o aprender se desdobra no signo da experimentação, evidencia-se a necessidade de aprender na saturação da composição.
Abstract This thesis is a study of three possible signs deployed by disparate learning, which are: (1) Endurance, (2) Problem-Ideas, (3) Experiments. Both theoretical and empirical records generated by daily notes, are narrated by the conceptual character named philosophist who seeks to scrutinize the process of individuation of such signs in learning that happens in the study group of teachers in the CIVITAS Project (Virtual Cities: Learning and Simulation Technologies - LELIC / PPGEDU / UFRGS). The development of learning signs makes little sense in the following contexts (1) Reference policy (2) Ethics of immanence and (3) Composition aesthetic. As a methodology, the study makes use of a cartographic perspective of the study group of teachers, which has, as noted, the use of daily notes, from which it examines the developments of the learning process in teacher education in service. This study also seeks to make a discussion of the relationship between the signs in the experimental program sponsored by the rules of CIVITAS. The text is structured around a problem statement and research methodology, setting the context of the town of Sobradinho / RS / Brazil, where the experiment with the teachers was held. In addition, it establishes a relationship between this experiment and the public policies of teacher education. The policy plan shows the sign of Endurance in the context of the experiment, causing tension on the reference modes of the world order that influence teacher education and improving the individual way in education. The ethical plan proposes the idea that the sign-problem requires a new way of thinking, so called locks, by which the faculties of thought do not agree over the same object, suggesting that the violence of thought generates problematizations on daily learning exercises. Finally, the aesthetics plane is concerned with the context of compositions in which the philosophist presents the sign of the experiment and some invented town stories in the classroom with children of the CIVITAS project. In this context, where learning unfolds in the sign of the experiment, the need to learn the saturation of the composition is highlighted.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/18382
Arquivos Descrição Formato
000729545.pdf (2.111Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.