Repositório Digital

A- A A+

Prática pedagógica nos processos de alfabetização e de letramento : análises a partir dos campos da sociologia da linguagem

.

Prática pedagógica nos processos de alfabetização e de letramento : análises a partir dos campos da sociologia da linguagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prática pedagógica nos processos de alfabetização e de letramento : análises a partir dos campos da sociologia da linguagem
Autor Piccoli, Luciana
Orientador Veit, Maria Helena Degani
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Alfabetização
Bernstein, Basil 1924-2000.
Escrita
Leitura
Letramento
Oralidade
Pedagogia mista
Prática pedagógica
[en] Literacy
[en] Mixed pedagogy
[en] Orality
[en] Pedagogical practice
[en] Reading
[en] Writing
Resumo Esta tese de doutoramento foi desenvolvida na Linha de Pesquisa "O Sujeito da Educação: conhecimento, linguagem e contextos"; está vinculada ao projeto de pesquisa "Perspectivas de Ensino na Educação Básica: prática pedagógica e formação de professores" e relaciona à área da educação dois campos do conhecimento: o da sociologia - com a contribuição de Basil Bernstein - e o da linguagem - a partir dos estudos sobre letramentos sociais de Brian Street e sua interlocução com práticas escolares alfabetizadoras. A investigação constitui-se como um estudo de caso e teve por objetivo descrever e analisar a prática pedagógica de uma professora alfabetizadora da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre que se aproximou do modelo de pedagogia mista, proposto por Morais e Neves (2003) a partir da teoria de Bernstein. Durante o ano de 2005, foram observadas duas turmas de segundo ano do primeiro Ciclo de Formação do Ensino Fundamental e, durante o ano de 2006, foram acompanhadas essas mesmas turmas no terceiro ano. Finalizadas as observações, foi selecionada, para análise, a prática pedagógica de uma das professoras do segundo ano do primeiro ciclo tendo se revelado como aquela que produziu mais aprendizagem entre os alunos, no sentido de tornarem-se capazes de elaborar o texto considerado legítimo no contexto escolar. A partir de metodologia qualitativa, a observação participante foi a principal estratégia utilizada para a coleta de dados, com registro de situações interativas entre professora e alunos em um diário de campo e através de um gravador de voz. As unidades de descrição foram os eventos de alfabetização e de letramento, constituídos pelos elementos oralidade, leitura e escrita. Além disso, também foi realizada entrevista em profundidade com as docentes. Os conceitos de classificação e de enquadramento da teoria sociológica possibilitaram a análise de dimensões da prática pedagógica consideradas no modelo da pedagogia mista. Os resultados do estudo corroboraram os indicados pelo modelo: enquanto a seleção do conhecimento em nível macro e os critérios de avaliação manifestaram um enquadramento forte, a seleção em nível micro, a ritmagem e as regras hierárquicas apresentaram um fraco enquadramento. As relações entre os espaços da professora e os dos alunos foram marcadas por uma fraca classificação, assim como as relações entre os conhecimentos intradisciplinares, específicos dos processos de alfabetização e de letramento. No que se refere à área da linguagem, percebeu-se que a prática pedagógica da professora foi fundamentada em distintas perspectivas: na psicogênese da língua escrita, nos estudos sobre letramento e nos estudos sobre consciência fonológica, indicando a necessidade de diferentes metodologias para o ensino da leitura e da escrita. Dentre elas, evidenciou-se, sobretudo, a importância da intervenção pedagógica explícita da professora no que se refere ao processo de alfabetização para possibilitar a aprendizagem dos alunos, partindo dos conhecimentos das crianças para chegar à forma convencional de leitura e de escrita.
Abstract This doctoral dissertation was developed within the Research Line "The Subject of Education: knowledge, language and contexts"; it is connected with the research project "Teaching Perspectives in Basic Education: pedagogical practice and teacher training" and relates two fields of knowledge to the educational area: Sociology - with the contribution of Basil Bernstein - and Language - based upon studies on social literacies by Brian Street and their intercommunication with literacy school practices. The investigation was conducted as a case study and aimed at describing and analyzing a teacher's literacy pedagogical practice within the Porto Alegre City Public School System. Such practice was the closest one to the mixed pedagogical model proposed by Morais and Neves (2003) based on Bernstein's theory. During the year 2005, two classes in the second grade of the first cycle of Elementary School were observed, and during the year 2006 the same classes were observed while in their third grade of the same cycle. When the observation phase was over, the pedagogical practice of one of the teachers in the second grade of the first cycle was selected for analysis having been revealed as the practice that produced the best learning results among the students, meaning the students had become capable of elaborating the text accepted as legitimate in the school context. Based upon qualitative methodology, the participant observation was the major strategy applied for data gathering, together with the recording of interactive situations between teacher and students on a field diary and also on a voice recorder. The description units were the literacy events represented by the elements of orality, reading and writing. Besides, interviews in depth were conducted with the teachers. The concepts of classification and framing of the sociological theory have enabled the analysis of the dimensions of the pedagogical practice considered in the mixed pedagogical model. The results of the study have confirmed those indicated by the model: the selection of knowledge at a macro level and the evaluation criteria have manifested a strong framing, whereas the selection at a micro level, the pacing and the hierarchical rules have shown a weak framing. The relations between the teacher's and the students' spaces were marked by a weak classification, as well as the intradisciplinary relations knowledges that are specific to the literacy processes. Regarding the language area, it has been noticed that the teacher's pedagogical practice was founded on distinctive perspectives: on the psychogenesis of the written language, on the studies about literacy and also on the studies about phonological awareness, therefore indicating the necessity of different methodologies for the teaching of reading and writing. Among them, it has become evident the importance of the teacher's explicit pedagogical intervention regarding the literacy process in order to enable the students' learning, starting from the children's knowledge up to the conventional ways of reading and writing.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/18400
Arquivos Descrição Formato
000692826.pdf (2.105Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.