Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da resistência de união de pinos de fibra de vidro : influência de técnicas de inserção do cimento resinoso

.

Avaliação da resistência de união de pinos de fibra de vidro : influência de técnicas de inserção do cimento resinoso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da resistência de união de pinos de fibra de vidro : influência de técnicas de inserção do cimento resinoso
Autor Cremonese, Gabriel Zottele
Rosa, Juliana de Souza
Orientador Samuel, Susana Maria Werner
Co-orientador Jardim, Patrícia dos Santos
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Cimentos
Materiais odontologicos : Avaliacao
Pinos
[en] Bonding strength
[en] Fiber post
[en] Homogeinety
[en] Luting cement
[en] Push-out bonding test
Resumo Este estudo avaliou a influência de diferentes técnicas de inserção do cimento resinoso na resistência de união de pinos de fibra de vidro ao longo do canal radicular. Cinqüenta e uma raízes bovinas foram aleatoriamente divididas em três grupos (n=17): GI = inserção do cimento resinoso com seringa Centrix e ponta aplicadora metálica; GII = inserção do cimento resinoso com broca Lentulo; GIII = inserção do cimento resinoso com o pino de fibra de vidro (White Post DC/FGM). O mesmo sistema adesivo dentinário (Scotchbond Multi-Uso Plus – 3M/ESPE) e cimento resinoso dual (AllCem/FGM) foram usados para todos os grupos. Após uma semana da cimentação dos pinos de fibra de vidro, as raízes foram seccionadas transversalmente em fatias com espessura média de 0,7mm. O ensaio mecânico “push-out” foi realizado em máquina de ensaio universal com velocidade de 1mm/min. Nenhuma diferença estatística foi encontrada entre as técnicas de inserção do cimento resinoso (p=0,468). Também não foram encontradas diferenças entre terços cervical, médio e apical para a mesma técnica de inserção do cimento (p=0,209), bem como para o mesmo terço radicular para as diferentes técnicas de inserção (p=0,134). As técnicas de inserção do cimento resinoso avaliadas neste trabalho não afetaram os valores de resistência de união dos pinos de fibra de vidro ao longo do canal radicular. A partir dos resultados encontrados concluímos que a técnica de inserção do cimento não influenciou os valores resistência de união de pinos de fibra de vidro ao longo do canal radicular.
Abstract The aim of this study was to evaluate the bond strength of a glass fiber post system along the post-space of root canals using various methods to apply the luting agent. Glass fiber posts were luted in 51 prepared bovine root canals using etch-and-rinse adhesive system and dual-cured resin-based cement. Roots were randomly divided into three groups (n=17) according to the technique used to place the luting agent into the post space: injection of the material with a specific syringe (Centrix Syringe) (G1); the use of a lentulo drill (G2); and the cement applied directly on the post and inserted into the root canal. A push-out test was performed on three different regions of the root canal (apical, middle and cervical) of each specimen. Bond strength values were not significantly affected by the different luting agent techniques used (p=0.468) when considering the three regions evaluated or the application technique of the luting agent (p=0.209). The cement application technique is not a relevant factor for the bond strength of fiber posts cemented with the resin-based cement evaluated.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18458
Arquivos Descrição Formato
000729669.pdf (268.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.