Repositório Digital

A- A A+

Contexto atual do ensino médico : metodologias tradicionais e ativas: necessidades pedagógicas dos professores e da estrutura das escolas

.

Contexto atual do ensino médico : metodologias tradicionais e ativas: necessidades pedagógicas dos professores e da estrutura das escolas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contexto atual do ensino médico : metodologias tradicionais e ativas: necessidades pedagógicas dos professores e da estrutura das escolas
Autor Abreu, José Ricardo Pinto de
Orientador Manfroi, Waldomiro Carlos
Co-orientador Machado, Carmen Lúcia Bezerra
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Docentes de medicina
Educação médica
Educação superior
Escolas médicas
Metodologia
Resumo Esta pesquisa trata de um estudo realizado sobre a experiência didático-pedagógica de dez professores, com atuação profissional consolidada, em três faculdades de medicina: FAMEMA/Marília/SP, UEL/Londrina/PR e UCPEL/Pelotas/RS. São examinados aspectos dos processos de ensino e aprendizagem, com estudo qualitativo, baseado na técnica de análise de conteúdo proposta por L. Bardin, tendo como suporte o Software Q.S.R. Nvivo 2.0, aplicado às entrevistas semi-estruturadas realizadas. Foram analisadas, então, três categorias: instituição, metodologia tradicional e metodologia ativa de ensino. Foram identificadas e também analisadas as seguintes peculiaridades daquelas instituições: resistência a inovações, mudanças realizadas, recursos necessários para implantação das mudanças no currículo, métodos de ensino com suas respectivas características, limites e possibilidades de cada metodologia, papéis do aluno e do professor, avaliação dos alunos, e, por fim, a presença ou não de metodologias ativas de ensino, tais como a Aprendizagem Baseada em Problemas e a Problematização. Para os aspectos emocionais, prioriza-se o método de Balint (adaptado às condições do estudante de medicina), menos conhecido, mas que ressurge como uma possibilidade para complementar o estudo com uma visão integrada da pessoa. O estudo da experiência dos professores de duas das faculdades de medicina estudadas (FAMEMA e UEL) - pioneiras na utilização dos métodos ativos, dentro da proposta pedagógica de currículo integrado - antecipa as mudanças pretendidas no ensino da medicina, visando à formação de profissionais preconizada pelas Diretrizes Curriculares Nacionais, dentro do modelo da integralidade. Identifica-se, também, que para este novo paradigma curricular, os professores devem ser capacitados de modo permanente e a escola de medicina deve proporcionar recursos materiais, de pessoal, didáticos e pedagógicos, modificando suas relações internas e com a comunidade, com a qual deve passar a estabelecer trocas de modo distinto das que mantinha e/ou mantém no modelo tradicional.
Abstract This research is a study on the didactic-pedagogical experience of ten professors with consolidated professional action in three schools of Medicine: FAMEMA, in Marília, state of São Paulo; UEL, in Londrina, state of Paraná and UCPEL, in Pelotas, state of Rio Grande do Sul. Aspects of the teaching and learning processes are examined in a qualitative way, based on the technique of content analysis proposed by L. Bardin, applying the Q.S.R. Nvivo 2.0 software to semi-structured interviews. Thus, three categories were analyzed: the institution, the traditional methodology and the active teaching methodology. The following peculiarities of the institutions were identified and also analyzed: resistance to innovation, changes performed, necessary resources to the implantation of changes in the curriculum, teaching methods and its respective characteristics, limits and possibilities of each methodology, roles of the student and the professor and the student’s evaluation and, also, the presence or not of active teaching methodologies, such as the Problem-Based Learning and Problematization. For the emotional aspects, the Balint method is prioritized (adapted to the conditions of the medicine student), which is less known, but that reappears as a possibility to complement the study with an integrated view of the person. The study about the experience of the professors in two of the medicine courses (FAMEMA and UEL) – pioneers in the use of active methods, inside a pedagogical proposal of an integrated curriculum – anticipates the desired changes in medicine teaching, aiming at the formation of professionals, according to the National Curricular Guidelines, in a model of integrality. It is also identified that, for this new curricular paradigm, the professors must be capacitated in a permanent way and the school of medicine must provide material, personal, didactic and pedagogical resources, modifying its internal relations and its relations with the community, with which it must establish exchanges in a different way than it had and/or has in the traditional model.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/18510
Arquivos Descrição Formato
000729487.pdf (941.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.