Repositório Digital

A- A A+

Modelagem bio-econômica para planejamento e tomadade decisão em sistemas agropecuários

.

Modelagem bio-econômica para planejamento e tomadade decisão em sistemas agropecuários

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelagem bio-econômica para planejamento e tomadade decisão em sistemas agropecuários
Outro título Systemic modeling for diagnosis, planning and bio-economical analysis of livestockand agricultural systems
Autor Sant'Anna, Danilo Menezes
Orientador Nabinger, Carlos
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Administração agrícola
Administração rural
Planejamento administrativo
Tomada de decisão
Resumo A crescente pressão sobre a produção mundial de alimentos tem alterado radicalmente a forma de se pensar e executar a atividade agropecuária. Este fenômeno mundial, intenso, dinâmico e multifatorial tem preocupação cada vez maior da sociedade com práticas que não respeitam o meio ambiente como desmatamento e queimadas. Nos países considerados desenvolvidos, políticas agrícolas sérias e duradouras, sustentadas por altas taxas de subsídios aos preços dos produtos, fazem com que os produtores agrícolas sejam menos pressionados nas suas tomadas de decisão. No Brasil, como não dispomos dos mesmos mecanismos para regular a produção agropecuária, a capacidade de gestão dos produtores rurais é muito mais exigida para manter ativos e competitivos seus sistemas de produção. Portanto, os processos de planejamento e tomada de decisão envolvidos na gestão, necessitam ser mais eficientes e abrangentes. No entanto, os modelos cartesianos, reducionistas e imediatistas usualmente aplicados à pesquisa e à gestão de sistemas de produção agropecuária, são hoje insuficientes para explicar as relações existentes. Por isso, os objetivos deste trabalho estão centralizados na discussão do processo de planejamento estratégico de sistemas de produção agropecuária que embasam o processo de tomada de decisão. Neste sentido, propõe-se um modelo conceitual de planejamento, que utiliza o planejamento de cenários contextualizados, voltado especificamente ao ambiente interno das propriedades rurais e seu sistema econômico/biológico de produção. O modelo é estático e determinístico, simulando cenários bioeconômicos específicos, caracterizados e contextualizados com as informações locais, considerando também o perfil e a interação das pessoas envolvidas com o sistema observado. O conceito descrito pelo modelo é representado e operado por quatro planilhas eletrônicas de cálculos, integradas, e confeccionadas no Microsoft Excel 2003. O modelo teórico apresentado, expressa adequadamente o conceito de planejamento sistêmico de cenários contextualizados para propriedades rurais, respeitando as características específicas de cada uma. Além disto, o modelo integrou as diferentes atividades agropecuárias envolvidas, representadas por um conjunto de submodelos inter-relacionados, que geram uma base física bio-econômica comum de comparação. Também permitiu utilizar satisfatoriamente o balanço entre oferta e demanda de nutrientes, como uma das bases de tomada de decisão para o dimensionamento de sistemas pecuários específicos.
Abstract World food and energetic demands are still growing and pressing agriculture producers to increase yields. In major part of the world this can not be achieved by enlargement of agriculture boundaries. As consequence, agriculture systems are more and more intensive and the activity is subject to greater economical and environmental risks. This panorama is radically altering how to planning and realize these activities. In developed countries, farmers are less dependent of the climatic and market uncertainties because serious and durable agriculture policies and high subsides are implemented by governments. In Brazil we don’t have the same mechanisms to protect agricultural systems that are more dependent from the management capacity of the farmer in order to maintain their systems actives and competitive. By this reason, planning process and decisions management needs to be more efficient and consider other aspects than simply economic relations. Cartesian, reductionists and immediate models applied in the research and to the management of agricultural systems are nowadays insufficient to explain all existent relations inside these systems. The objectives of this work are centered in the discussion of strategic planning process in livestock and agriculture systems that are the base of the decision make process. In this sense, it was proposed a conceptual model of planning that utilize the planning of contextualized scenarios as tool for analyze the internal environment of rural enterprise and it’s bio-economical system of production. This model is estatic and deterministic, simulating specifics scenarios bio-economics that are characterized and contextualized with local information and consider the profile and interaction of evolved decision maker actors. The concept described is represented and powered by four integrated electronics worksheets from Microsoft Excel 2003. The theoretical model represents adequately the concept of systemic planning of contextualized scenarios for rural enterprises, maintaining the specific characteristics of witch one. Otherwise, the model integrated different productive activities represented by an assembly of inter-related sub-models that generate a common physical and bio-economic basis of comparison. It was possible to construct an adequate balance between offer and demand of nutrients as a base to make decisions in order to build and sizing specific systems of livestock production.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/18518
Arquivos Descrição Formato
000729979.pdf (1.763Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.