Repositório Digital

A- A A+

Responsividade em empresas de manufatura do setor automotivo : uma análise de aplicação do conceito em múltiplos casos

.

Responsividade em empresas de manufatura do setor automotivo : uma análise de aplicação do conceito em múltiplos casos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Responsividade em empresas de manufatura do setor automotivo : uma análise de aplicação do conceito em múltiplos casos
Autor Fries, Fabiane
Orientador Macada, Antonio Carlos Gastaud
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Manufatura
Produtividade
Setor automotivo
Tecnologia
[en] Automotive industry
[en] Manufacturing
[en] Responsiveness
Resumo A responsividade aglutina princípios calcados em produtividade, flexibilidade e uso intensivo de tecnologia, capacitando empresas de manufatura a lidar com incertezas e operar de forma rentável no mercado globalizado. A manufatura busca na responsividade meios para sobreviver e crescer num ambiente de contínua mudança e incerteza, norteado pela concorrência global, exigências crescentes dos consumidores e avanço da tecnologia. O ciclo de expansão da indústria ainda tem fôlego para crescimento. O setor automotivo tem participação considerável na economia e gera efeito em cadeia na atividade industrial mundial. A indústria automotiva historicamente é uma precursora na reformulação de estratégias e no aprimoramento da eficácia operacional, através da adoção de tecnologias cada vez mais flexíveis e adaptáveis às oscilações do mercado competitivo. Este setor é um dos mais importantes do Rio Grande do Sul e do Brasil e sua dinâmica impõe condições responsivas às empresas. Ao assumirmos que a responsividade é o fator chave para alcançar e manter a vantagem competitiva no ambiente de manufatura, verificar como ela é utilizada, principalmente em empresas do setor automotivo, torna-se uma importante questão a ser tratada. O objetivo da pesquisa é analisar o conjunto de dimensões que representam a responsividade nas empresas de manufatura do setor automotivo. A pesquisa é qualitativa descritiva e aplicou o método de estudo de caso, através de uma investigação de casos múltiplos, realizada em quatro empresas com representatividade na cadeia automotiva do Rio Grande do Sul. A pesquisa utilizou como fontes de evidências: entrevistas, observações diretas e análise de documentos. Nas entrevistas, por se tratarem de perguntas abertas, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo. As observações diretas, assim como a análise de documentos, ajudaram a complementar as informações obtidas nas entrevistas. Para interpretação do material obtido, foi utilizada a técnica de triangulação de dados. Inicialmente, cada empresa foi analisada individualmente, e depois houve a comparação dos casos para verificar similaridades ou diferenças para posterior produção de resultados mais confiáveis e generalizáveis. Através dos casos estudados constata-se que, apesar das diferenças de porte, nicho de atuação, valores e qualificação, entre outros, as empresas de manufatura do setor automotivo se valem de princípios comuns que resultam em ações e práticas responsivas.
Abstract The responsiveness merges principles based on productivity, flexibility and intensive use of technology, enabling manufacturing companies to deal with uncertainties and operate profitable in the global market. The manufacturing identifies in responsiveness ways to survive and grow in an environment of continuous change and uncertainty, guided by global competition, increasing on consumer demands and technology dissemination. The industry expansion cycle has yet impetus for growth. The automotive sector has considerable involvement in the economy and generates a chain effect on the global industrial activity. Historically, the automotive industry is a pioneer in strategies reformulation and operational efficiency improvement, through adoption of technologies more flexible and adaptable to fluctuations in competitive market. This sector is one of the most important for the Brazilian state, Rio Grande do Sul, and its dynamics imposes responsive conditions to the companies. We believe that the responsiveness is the key factor to achieve and maintain a competitive advantage in the manufacturing environment, therefore identify how it is used, mainly in automotive sector companies, is an important issue to be addressed. The objective of the present research is to analyze the set of dimensions that represent the responsiveness in manufacturing companies in the automotive industry. The qualitative descriptive research had used the “case study method” through a multiple-case study investigation, applied to four important companies of the Rio Grande do Sul automotive supply chain. This research used as evidence sources: semi-structured interviews, direct observation and documentation analysis. Open questions were applied in the interviews and the “content analysis technique” to support the interpretation. The direct observations, as well as the document analysis, helped to supplement information obtained in interviews. The data triangulation technique was used for material interpretation. Initially, each company was examined individually, and then the cases comparison to check similarities or differences to obtain more reliable and generalized results. Despite differences in organization size, performance niche, values and skills and others, the studies proved that manufacturing companies in the automotive sector have use common principles which result in responsive actions and practices.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/18613
Arquivos Descrição Formato
000730179.pdf (1.008Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.