Repositório Digital

A- A A+

Análise proteômica do fungo Cryptococcus gattii em diferentes temperaturas

.

Análise proteômica do fungo Cryptococcus gattii em diferentes temperaturas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise proteômica do fungo Cryptococcus gattii em diferentes temperaturas
Autor Correa, Juliana Ferraz de
Orientador Vainstein, Marilene Henning
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase Molecular, Celular e Funcional: Bacharelado.
Assunto Cryptococcus gattii
Temperatura
Resumo Cryptococcus gattii é uma levedura basidiomicética, considerada um patógeno primário e um dos agentes etiológicos da criptococose e foi responsável, recentemente, por uma epidemia de criptococose nas Ilhas Vancouver, Canadá. Dentre os principais fatores relacionados à patogenicidade desse microrganismo estão a cápsula polissacarídica, a produção do pigmento melanina e a capacidade de multiplicação a 37°C, que o torna capaz de estabelecer infecção no hospedeiro. A identificação de proteínas envolvidas na interação patógeno-hospedeiro é de suma importância, possibilitando a compreensão dos mecanismos utilizados pelo patógeno para a infecção. Atualmente poucos trabalhos envolvendo Cryptococcus spp. e análises proteômicas são reportados. Neste estudo a linhagem hipervirulenta R265 de C. gattii foi analisada com o objetivo de evidenciar proteínas diferencialmente expressas no desenvolvimento da levedura a 25°C e 37°C. A análise proteômica comparativa por eletroforese bidimensional possibilitou evidenciar quinze proteínas com expressão aumentada a 25°C e vinte e nove proteínas com expressão aumentada a 37°C. A identificação das proteínas diferencialmente expressas verificadas neste estudo, além de contribuir para um melhor entendimento dos mecanismos utilizados por C. gattii para colonizar o hospedeiro, garantindo seu desenvolvimento na temperatura de infecção, também são potenciais alvos para estudos de desenvolvimento de novas terapias para o tratamento da criptococose ocasionada por este patógeno.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18647
Arquivos Descrição Formato
000729787.pdf (5.800Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.