Repositório Digital

A- A A+

Dieta e estratégia alimentar de Homonota uruguayensis Vaz-Ferreira e Sierra de Soriano, 1961 (Squamata, Gekkota, Phyllodactylidae) nos pampas do Rio Grande do Sul, Brasil

.

Dieta e estratégia alimentar de Homonota uruguayensis Vaz-Ferreira e Sierra de Soriano, 1961 (Squamata, Gekkota, Phyllodactylidae) nos pampas do Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dieta e estratégia alimentar de Homonota uruguayensis Vaz-Ferreira e Sierra de Soriano, 1961 (Squamata, Gekkota, Phyllodactylidae) nos pampas do Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Nunes, Vanessa de Albuquerque
Orientador Verrastro Viñas, Laura
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase Ambiental: Bacharelado.
Assunto Hábitos alimentares
Homonota uruguayensis
Pampa, Região
Resumo Homonota uruguayensis, conhecido como “geco-do-campo” é um pequeno lagarto que ocorre na região da Campanha, nos pampas do Rio Grande do Sul, além da Argentina e do Uruguai. É o único geco nativo do Rio Grande do Sul e é endêmico do Bioma Pampa. O presente estudo visa à determinação da dieta e da estratégia alimentar dessa espécie. Os espécimes foram coletados mensalmente no município de Rosário do Sul entre novembro de 2006 e outubro de 2007. As coletas foram realizadas manualmente, sendo os indivíduos localizados através de procura ativa. Após a captura os espécimes foram sacrificados com anestésico e fixados. Em laboratório os animais foram dissecados sob microscópio estereoscópio para determinação do sexo e análise do conteúdo do tubo digestório. H. uruguayensis consome em torno de 22 categorias alimentares, sendo estas basicamente artrópodes. Os principais itens da dieta desta espécie são aranhas e coleópteros. A dieta apresentou variação ontogenética e sazonal. H. uruguayensis é um lagarto generalista e oportunista com estratégia de forrageio mista, sendo considerado um “emboscador em série”.
Abstract Homonota uruguayensis, known as “field gecko” is a little lizard that occurs in Campanha region, in the fields of Rio Grande do Sul, and also in Argentina and Uruguay. It is the only native gecko of Rio Grande do Sul and is endemic of the Pampa Biome. The present study seeks to determine the diet and the forage mode of this specie. The specimens were collected every month in Rosário do Sul city between November 2006 and October 2007. The lizards were collected manually and were localized by active search. After the capture the specimens were sacrificed with anesthetic and fixed. In the laboratory the animals were dissected under stereomicroscope to determine sex and analyze stomach content. H. uruguayensis consume about 22 prey items, being this basically arthropods. The major items of the diet of this specie are spiders and coleopterans. The diet show ontogenetic and seasonal variation. H. uruguayensis is a generalist and opportunist lizard that uses a mixed forage mode, being considered a “serial ambusher”.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18665
Arquivos Descrição Formato
000730567.pdf (2.436Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.