Repositório Digital

A- A A+

A pedagogia da roda como dispositivo de educação permanente em enfermagem e a construção da integralidade do cuidado no contexto escolar

.

A pedagogia da roda como dispositivo de educação permanente em enfermagem e a construção da integralidade do cuidado no contexto escolar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A pedagogia da roda como dispositivo de educação permanente em enfermagem e a construção da integralidade do cuidado no contexto escolar
Autor Brum, Liege Machado
Orientador Oliveira, Dora Lúcia Leidens Corrêa de
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Educação continuada em enfermagem
Educação em enfermagem
Educação permanente
Integralidade em saúde
Pessoal de saúde
[en] Atención a la salud
[en] Continued education
[en] Educación continuada
[en] Educación en salud
[en] Enfermería
[en] Health attention
[en] Health education
[en] Health workers
[en] Nursing
[en] Personal de salud
[en] Práctica profesional
[en] Professional practice
Resumo A pesquisa buscou conhecer o potencial da Educação Permanente (EP) na promoção da integralidade do cuidado no âmbito hospitalar, com base na análise das possibilidades e limites do uso da Pedagogia da Roda, como dispositivo para ações de educação permanente de equipes de enfermagem de um Hospital Universitário, do estado do Rio Grande do Sul. Um pressuposto central da EP, utilizado na pesquisa, é que a reflexão sobre as práticas em saúde, espaço de aprendizagem no e para o trabalho, se constitui em importante estratégia para a aproximação destas aos princípios do SUS. O estudo, de cunho qualitativo, do tipo exploratório-descritivo, foi desenvolvido a partir da experiência de uma equipe de enfermagem dessa instituição em um Projeto denominado “Rodadas de Conversa sobre o Trabalho em Saúde”. As “Rodadas” pautaram-se pela reflexão sobre o processo de trabalho da equipe, propondo a análise e a intervenção dos trabalhadores nos problemas do seu cotidiano. A coleta das informações deu-se por meio de grupos focais, organizados com os componentes dessa equipe, em todos os turnos de trabalho, num total de 24 sujeitos. As informações foram analisadas sob perspectiva da análise de conteúdo. Os resultados obtidos sugerem que a Pedagogia da Roda oportuniza a ampliação dos espaços de escuta e reflexão dialógica no trabalho da enfermagem, tendo potencial para promover o (re)posicionamento do trabalhador como protagonista dos processos de mudança de suas práticas na direção da integralidade do cuidado. O principal limite da Pedagogia da Roda, dispositivo de EP para a promoção da integralidade do cuidado no contexto estudado, foi a dificuldade da equipe para modificar processos de trabalho até então instituídos em uma lógica que sobrepõe os valores técnicos aos valores humanísticos do cuidado. Concluiuse, a partir disso, que a criação de espaços educativos, que se articulem aos processos de trabalho, possibilita a co-responsablização pelo cuidado prestado, a ampliação da autonomia de sujeitos e coletivos para realizarem as mudanças necessárias na melhoria da qualidade do cuidado e, ainda, a aproximação das práticas dos trabalhadores à atenção integral em saúde no contexto hospitalar.
Abstract This research has enabled us to acknowledge the potential of Permanent Education (PE) to foster care integrality in the hospital environment, based on the analysis of possibilities and limitations of the use of “Roda” Pedagogy as a device for actions of permanent education of nursing teams in a university hospital in Rio Grande do Sul. A central presupposition of PE that has been used in this research is that reflection on health practices, a learning spot both in and for work, is an important strategy to approximate them to SUS principles. This qualitative, exploratory-descriptive study has been developed from the experience of a nursing team in the institution mentioned, in a project called “Rounds of Conversation about Health Work”. The “rounds” were centered on the reflection on the team’s work process, proposing the analysis of and intervention in daily problems by the team members. Information was collected through the focus group approach. The group was composed of 24 subjects, all of them belonging to the same team, and from all of the work shifts. Information has been analyzed according to the content analysis perspective. Las informaciones fueron analizadas bajo la perspectiva de análisis de contenido. Los resultados obtenidos sugieren que la Pedagogía de la Rueda posibilita la ampliación de los espacios de escucha y reflexión dialógica en el trabajo de la enfermaría teniendo potencial de promover el (re) posicionamiento del trabajador como protagonista de los procesos de cambios de sus prácticas en la dirección de la integralidad del cuidado. El principal límite de la Pedagogía de Rueda, dispositivo de EP para la promoción de la integralidad del cuidado en el contexto estudiado fue la dificultad del equipo para modificar los procesos de trabajo hasta entonces instituidos en la lógica que sobrepone los valores técnicos a los valores humanísticos del cuidado. Se concluyó a partir de eso que la creación de espacios educativos que se articulen a los procesos de trabajo posibilita la corresponsabilidad por el cuidado prestado, la ampliación de la autonomía de sujetos y colectivos en los procesos de cambio necesarios para la mejoría de la calidad del cuidado y, todavía, la aproximación de las prácticas de los trabajadores a la atención integral en salud en el contexto hospitalario.
Resumen La pesquisa buscó conocer el potencial de la Educación Permanente (EP) en la promoción de la integración del cuidado en el ámbito hospitalario, con base en el análisis de las posibilidades y limites del uso de la Pedagogía de la Rueda como dispositivo para acciones de educación permanente de equipos de enfermería de un Hospital Universitario del estado de Rio Grande del Sur. Un presupuesto central de la EP, utilizado en la pesquisa es que la reflexión sobre las prácticas en salud, espacio de aprendizaje en él y para el trabajo, se constituye en importante estrategia para la aproximación de estas a los principios del “SUS” (sistema único de salud). El estudio, de cuño cualitativo, fue desarrollado a partir de la experiencia un equipo de enfermería de esta institución en un Proyecto denominado “Rodadas de Conversa sobre o Trabalho em Saúde”. (Rodadas de conversa sobre el trabajo en salud) Las “Rodadas” se pautaron por la reflexión sobre el proceso de trabajo del equipo, proponiendo el análisis y la intervención de los trabajadores en los problemas de su cotidiano. La colecta de las informaciones se dio por medio de grupos focales organizado con los componentes de ese equipo, en todos los turnos de trabajo, totalizando 24 sujetos.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/18669
Arquivos Descrição Formato
000731839.pdf (563.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.