Repositório Digital

A- A A+

Tradução e adaptação transcultural da escala "Pain Assessment Tool in Confused Older Adults - PATCOA"

.

Tradução e adaptação transcultural da escala "Pain Assessment Tool in Confused Older Adults - PATCOA"

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tradução e adaptação transcultural da escala "Pain Assessment Tool in Confused Older Adults - PATCOA"
Outro título Translation and cross-cultural adaptation of the scale “pain assessment tool in confused older adults - PATCOA”
Outro título Traducción y adaptación transcultural de la escala “Pain Assessment Tool in Confused Older Adults - PATCOA”
Autor Rosa, Thanize Prates da
Orientador Crossetti, Maria da Graça Oliveira
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Avaliação da dor : Idoso
Diagnóstico de enfermagem
Escalas
Resumo Neste estudo objetivou-se fazer a adaptação transcultural da escala “Pain Assessment Tool in Confused Older Adults - PATCOA”, para a avaliação da dor em idosos confusos na prática da enfermagem brasileira. Para isto valeu-se da metodologia proposta por Nóbrega e Gutiérrez (2000), com uma modificação que consistiu na inclusão da etapa de tradução proposta por Beaton et al. (2000). Assim, este estudo foi desenvolvido aplicando-se as seguintes etapas metodológicas: Primeira etapa: tradução da escala PATCOA original para a língua portuguesa por duas tradutoras independentes. Segunda etapa: Back-translation , em que foi realizada a síntese das versões traduzidas da escala e posterior retrotradução ao idioma de origem, ou seja o inglês por uma profissional da saúde. Terceira etapa: Avaliação da back-translation por um grupo de três Experts em enfermagem. E quarta etapa: Verificação da equivalência semântica da versão em português da escala PATCOA. A partir da tradução e retrotradução da escala e posterior avaliação pelo grupo de Experts identificou-se dois indicadores da escala traduzida que não demonstraram equivalência semântica com a escala original, foram: “cerrar os dentes”, que apresentou índice de concordância de 33,3% e “ficar em guarda ante a perspectiva de dor”, que apresentou índice de 66,6%. O primeiro foi modificado, de acordo com as sugestões do grupo de experts para “mandíbula cerrada” e o segundo foi mantido conforme tradução, visto que a expert que discordou da tradução não justificou o por que. Os demais indicadores, com exceção de “relutância em mover-se” e “aponta para o local da dor” sofreram modificações no que diz respeito à classe gramatical que se apresentaram ou a inclusão de uma palavra na expressão para esclarecê-la, como em “estremecimento da voz”. Assim, como resultado do estudo se obteve a escala PATCOA traduzida para o português brasileiro e equivalente semanticamente à escala original em inglês, conforme segue: componente 1: vocalizações (gemido e estremecimento da voz), componente 2: comportamentos (ficar em guarda ante a perspectiva de dor, mandíbula cerrada e suspiro), componente 3: atividades motoras (aponta para o local da dor e relutância em mover-se) e componente 4: expressões faciais (franzimento de testa e carretas).
Abstract The following study aimed to conduct a multicultural adaptation of the scale Pain Assessment Tool in Confused Older Adults - PATCOA, for the assessment of confused older adults in Brazilian nursing. It has been applied the methodology proposed by Nóbrega and Gutiérrez (2000), with one change that consisted of the inclusion of the translation step proposed by Beaton et al. (2000). Thus, this study has been developed applying the following methodological steps: First step: Translation of the original PATCOA scale for Portuguese by two independent translators. Second step: Back-translation, in which the synthesis of the translated versions was done as well as a later back-translation to the original language; English by a health professional. Third step: The assessment of the back-translation by a group of three Experts in nursing. And fourth step: Checking on the semantic equivalence of the Portuguese version of the scale PATCOA. After the translation and back-translation of the scale and later assessment by the group of Experts, two indicators of the translated scale that were not semantically equivalent to the original scale were: “clenching teeth”, which presented agreement of 33,3% and “guarding before the perspective of pain”, which presented a rate of 66,6%. The first has been modified according to the suggestion of the group of experts for “clenching jaw” and the second has been kept in accordance with the translation, since the expert who disagreed with the translation did not justify why. The other indicators, except for “reluctant to move” and “points to where it hurts” suffered modifications in the grammatical classification that presented either the inclusion of a word or an expression to clarify it, as the “quivering”. Thus, as a result of the study it was obtained the PATCOA translated to Brazilian Portuguese and semantically equivalent to the original scale in English, as it follows: Component 1: vocalizations (moaning and quivering), component 2: behaviors (guarding, clenching jaws, and sighing), component 3: motor activity (points to where it hurts and reluctant to move), and component 4: facial expressions (frowning and grimacing).
Resumen Este estudio tuvo como objetivo hacer una adaptación transcultural de la escala “Pain Assessment Tool in Confused Older Adults - PATCOA”, para avaluar en la práctica de enfermería brasileña el dolor de los ancianos confusos. Para esto fué aplicada la metodologia propuesta por Nóbrega y Gutiérrez (2000), con una modificación que consistió en la inclusión de la etapa de traducción propuesta por Beaton et al. (2000). Así para desenvolver este estudio fueron aplicadas las siguientes etapas metodológicas: Primera etapa: traducción de la escala PATCOA original para lengua portuguesa por dos traductoras independientes. Segunda etapa: Back-translation, fué realizada la síntesis de las versiones traducidas de la escala y posteriormente la traducción al idioma de origen, o sea el inglés, por una profesional de salud. Tercera etapa: Avaluación de la back-translation por un grupo de tres Expers en enfermería. Cuarta y última etapa: Verificación de la equivalencia semántica de la versión en portugués de la escala de PATCOA. Después de la traducción de la escala de inglés para portugués, de portugués para inglés y posterior evaluación por el grupo de de Experts se identificó dos indicadores de la escala traducida que no demostraron equivalencia semántica con la escala original, fueron “cerrar los dientes, que presentó índice de concordancia de 33,3% y “quedarse en guardia ante la perspectiva de dolor”, que presentó índice de 66,6%. El primero fué modificado, de acuerdo con las sugerencias del grupo experts, para “mandíbula cerrada” y el segundo fué mantenido conforme la traducción. Los demás indicadores, execto el de “reluctancia en moverse” y “apunta para el lugar del dolor” sufrieron modificaciones respecto a la clase gramatical que se presenta o la inclusión de una palabra en la expresión para esclarecerla, con “estrechamiento de la voz”. Así, como resultado del estudio se obtuvo la escala de PATCOA traducida para el portugués brasileño y equivalente semánticamente a la escala original en inglés, conforme sigue: componente 1: vocalizaciones (gemido y estrechamiento de voz), componete 2: comportamientos (permanecer en guardia ante la perspectiva del dolor, mandíbula cerrada y suspiro), componete 3: actividades motoras (apunta para el local del dolor y reluctancia en moverse ) y componete 4: expresiones faciales (frunción del ceño y muecas).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/18672
Arquivos Descrição Formato
000732030.pdf (1.224Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.