Repositório Digital

A- A A+

Ói nóis aqui traveis : o teatro de rua, entre a resistência da cultura popular e a construção de uma nova narrativa teatral

.

Ói nóis aqui traveis : o teatro de rua, entre a resistência da cultura popular e a construção de uma nova narrativa teatral

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ói nóis aqui traveis : o teatro de rua, entre a resistência da cultura popular e a construção de uma nova narrativa teatral
Autor Aguillera, Janaína Nunes
Orientador Dalla Zen, Ana Maria
Data 2005
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Relações Públicas.
Assunto Relações públicas
Teatro popular
[en] Brazilian theater
[en] Gaucho theater
[en] Oi nóis aqui traveiz
[en] Popular culture
[en] Popular theater
[en] Public relations
[en] Street theater
Resumo Esta monografia tem como objeto a análise do grupo de teatro popular Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, a fim de identificar a sua relação com as características do teatro de rua como manifestação popular ou como expressão de uma nova narrativa teatral. Numa abordagem de pesquisa de cunho qualitativo, a investigação fundamentou-se numa revisão de literatura sobre a perspectiva história do teatro popular a partir da idade média até a contemporaneidade, a sua vinculação à vida cultural do País, tendo como marco o período de redemocratização a partir de 1978. Discute as diferentes propostas estéticas presentes nas narrativas de teatro popular. Inclui uma discussão em torno da presença do profissional de relações públicas no panorama da produção cultural brasileira, a partir das leis de incentivo à cultura. Dentro da perspectiva de um estudo de caso, analisou a presença do grupo no circuito cultural da cidade de Porto Alegre, a partir dos depoimentos de dois de seus integrantes, a fim de situá-lo como um grupo de teatro popular vinculado ao movimento de contra-cultura do País e como uma nova forma de narrativa de contestação. Conclui ao destacar que esse grupo se constitui num modelo singular de sucesso ao desafio estético de integrar poesia e política em todos os seus espetáculos, permeado de um movimento contínuo de explorar a função social do teatro, a partir de sua Escola de Teatro Popular e da experiência do Teatro de Vivências. Finalmente, o trabalho situa o profissional de relações públicas como um agente ainda ausente nesse processo, mas que nele poderá e deve, se engajar, dirigindo a sua ação profissional para a sua responsabilidade social, enquanto formador de opinião.
Abstract This monography has as an objective the analysis of the drama group Tribo de Atuadores Oi Nóis Aqui Traveiz, in order to identify its relation with the characteristics of street theater as a popular manifestation or as an expression of a new theater narrative. In a qualitative research approach, the investigation was based on a literary review of popular theater from the Middle Ages to modern times, its links to the cultural life of the country, having as a historical landmark the redemocratization of the country from 1978 on. It discusses the different esthetic proposals present in popular theater narratives. It includes a discussion on the presence of the public relations professional in Brazilian cultural production, with the cultural incentive laws as a starting point. From the perspective of a case study, it analysed the presence of the troupe in the cultural circle of the city of Porto Alegre, beginning with the statements of the troupe members, with the aim of linking it with the counter-culture movements in the country, and as a new form of protest narrative. It concludes making it clear that the troupe is made up of a unique model of success in defying esthetics and integrating poetry and politics in all its spectacles, permeated of a continuous movement to explore the social function of theater, with its Escola de Teatro Popular as a starting point, going through the experience of the Teatro de Vivências. Finally, the paper places the public relations professional as an agent still absent from this proccess, but in it should and must be, engaged, directing his professional action towards social responsibility, as an opinion maker.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18723
Arquivos Descrição Formato
000538071.pdf (394.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.