Repositório Digital

A- A A+

O perfil sócio-econômico da mulher da cidade de Boa Vista

.

O perfil sócio-econômico da mulher da cidade de Boa Vista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O perfil sócio-econômico da mulher da cidade de Boa Vista
Autor Rocha, Aline Júlia da Silva
Orientador Florissi, Stefano
Data 2009
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Boa Vista (RR)
Condições de vida
Mercado de trabalho
Mulheres
Trabalho feminino
[en] Profile of the woman
[en] Sort
[en] Work
Resumo Este trabalho apresenta um breve perfil sócio-econômico da mulher da cidade de Boa Vista, com base nas informações sobre, rendimento, escolaridade, idade, situação conjugal, naturalidade e outros aspectos importantes. Para a produção dos materiais de análise, esse estudo utilizou o relato da trajetória de vida de mulheres que são mães, trabalhadoras, enfim mulheres que estão em constante busca pela emancipação e melhoria de vida. As trajetórias de vida foram analisadas dentro do contexto histórico e os relatos foram compreendidos a partir dos lugares ocupados por essas mulheres. O trabalho produz modos de ser da mulher, colocando a posição de equilibristas dessas trabalhadoras. Dessa forma, é possível ampliar as reflexões e pensar nas políticas públicas que integram esse contexto. O estudo do universo de 281 mulheres, constata-se que a mulher trabalha 8 horas diárias, a maioria ganha acima de 4 salários mínimos, idade média entre 25 a 35 anos, tem grau de escolaridade 3° grau completo, 44,5% são solteiras, sendo a maioria natural do norte, seguidas das migrantes nordestinas.
Abstract This work presents a brief partner-economic profile of the woman of the Boa Vista city. On the basis of the information on, income, studies, age, marital status situation, places of birth and other aspects. For the production of the analysis materials, this study it used the story of the trajectory of life of women who are mothers, workers, at last women, who are in constant search for the emancipation and improvement of life. The life trajectories had been analyzed inside of the historical context and the stories had been understood from the busy places for these women. The work produces ways of being of the woman in multiple positions of these workers. In such a way, it is possible to extend the reflections and to think about the public politics that integrate this context. The study of the universe of 281 women, it is evidenced that the woman works 8 daily hours, the majority earns above of 4 minimum wages, average age enters the 25-35 years, has the 3° study degree, 44.5% are single, being the natural majority of the north of the country, followed of the people from northeasterns.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/18838
Arquivos Descrição Formato
000729165.pdf (418.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.