Repositório Digital

A- A A+

Respostas hemodinâmicas dos exercícios supino e leg press em duas diferentes intensidades

.

Respostas hemodinâmicas dos exercícios supino e leg press em duas diferentes intensidades

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Respostas hemodinâmicas dos exercícios supino e leg press em duas diferentes intensidades
Outro título Haemodynamic responses of bench e leg press exercises in two different intensities
Autor Castro, Clarissa Barros de
Orientador Pinto, Ronei Silveira
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Frequência cardíaca
Pressão arterial
Treinamento de força
[en] Blood pressure
[en] Heart rate
[en] Strength training
Resumo O treinamento de força é citado pela literatura como atuante no tratamento nãofarmacológico e na prevenção da hipertensão arterial. O objetivo do presente estudo foi investigar as respostas de pressão arterial (PA) e frequência cardíaca (FC) durante e 60 minutos após a execução dos exercícios de leg press e supino em 10 e 20 repetições máximas. Os indivíduos da amostra foram selecionados de forma voluntária, e todos assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Estes eram não praticantes de treinamento de força há pelo menos seis meses, ou qualquer atividade esportiva de alto rendimento. Dez homens (idade: 23,60 ± 2,41 anos; massa corporal: 77,14 ± 10,80 kg; estatura: 1,86 ± 0,06 m; IMC: 24,77 ± 2.04 kg/cm2) realizaram o seguinte protocolo experimental: decúbito dorsal por 30 minutos para avaliação das variáveis em repouso seguido de duas séries de 10 ou 20 repetições máximas de supino ou leg press, com 5 minutos de intervalo passivo entre as séries, e 60 minutos em decúbito dorsal para avaliação das variáveis no pós-exercício. A ordem dos exercícios e das intensidades foi randomizada. A leitura da FC foi realizada com frequencímetro (POLAR) a cada 10 segundos, em todas as situações e a aferição da PA com um MAPA a cada 5 minutos. Utilizou-se estatística descritiva, teste de normalidade de Shapiro-Wilk, ANOVA twoway para medidas repetidas, teste de Bonferroni, com nível de significância de α<0,05 e o pacote estatístico SPSS 13.0. Os resultados mostraram que no exercício supino a FC e a PAS foram influenciadas pela série (maiores valores na 2a série), assim como FC, PAS e PAD no exercício e no leg press. No pós-exercício de supino a FC, PAS e PAM foram influenciadas pelo tempo de recuperação, assim como FC, PAS e PAD para o exercício de leg press.
Abstract Strength training is cited in reference literature as a non-pharmacological means of preventing high blood pressure. The objective of this study was to scrutinise the blood pressure (BP) and Heart rate (HR) during and in the 60 minutes subsequent to the accomplishment of from 10 and 20 maximum repetitions of leg and bench press. The candidates for this examination have been voluntarily and randomly selected, having all signed the Term of Wilful Consent. The subjects had neither engaged any strength training in the previous 6 months nor performed any high-performance exercise, likewise. The group was compound of 10 men (age: 23,60 ± 2,41 years; body mass: 77,14 ± 10,80 kg; height: 1,86 ± 0,06 m; BMI: 24,77 ± 2.04 kg/cm2) having them performed the following experiment: dorsal decubitus for 30 minutes to verify the variables at rest, ensuing 10 or 20 maximum repetitions of bench or leg press, with a five-minute discrete interval between the series, and a 60-minute dorsal decubitus to acquire the variables post-exercise. The order of the exercises and its intensities were randomised. The HR readings have been accomplished by using a POLAR heart rate monitor every 10 seconds, in all situations and the adjustment of BP with a MAP every 5 minutes. In this study, there were used descriptive statistics, Shapiro-Wilk normality test, three-way ANOVA for repeated measures, Bonferroni test with significance levels p<0,05 and the statistical package SPSS 13.0. The results showed that HR and SBP were influenced by set on bench press exercise (the highest values at second set), such as HR, SBP and DBP at leg press. At post-exercise HR, SBP and MBP were influenced by recovery time on bench press, such as HR, SBP and DBP on leg press.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18907
Arquivos Descrição Formato
000732708.pdf (452.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.