Repositório Digital

A- A A+

A influência da promoção nas relações de amizade no ambiente de trabalho

.

A influência da promoção nas relações de amizade no ambiente de trabalho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A influência da promoção nas relações de amizade no ambiente de trabalho
Autor Schujmann, Adriana
Orientador Costa, Silvia Generali da
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Ambiente de trabalho
Amizade
Promoção de pessoal
Relações interpessoais
[en] Competition
[en] Friendship
[en] Friendship in the work environment
[en] Interpersonal relations
[en] Promotion
Resumo O ambiente de trabalho é um local que pode ocasionar o surgimento de novas amizades. Os amigos, no contexto organizacional, podem fornecer apoio, compreensão e ajuda. A troca de experiência entre os envolvidos é uma rica ferramenta para possibilitar a sobrevivência no trabalho e a aprendizagem de como lidar com determinadas situações na empresa (RIORDAN e GRIFFETH, 1995). A perda de um amigo no local de trabalho, segundo Sias et. al. (2004), pode significar o fim de uma fonte de apoio e ajuda. O rompimento de um relacionamento de amizade, em uma organização, pode ocorrer por vários motivos, entre eles: as personalidades dos envolvidos no relacionamento, as expectativas conflituosas, as traições e as promoções. Nesta pesquisa, em especial, optou-se por explorar as promoções, independentemente do seu tipo, como possíveis motivos para a mudança nos relacionamentos de amizade. Portanto, buscou-se compreender, a partir da percepção dos sujeitos entrevistados, a influência da promoção profissional nas relações de amizade entre os pares investigados. A pesquisa se caracteriza por ser um estudo exploratório e, para tanto, utilizou-se da abordagem qualitativa, com uso de entrevistas semi-estruturadas em profundidade e análise de conteúdo. Foram examinadas seis incidências de amizade no trabalho, em quatro empresas distintas. A incidência se caracteriza por uma dupla de pessoas que trabalham na mesma organização. Essas pessoas trabalhavam juntas, sendo pares, e consideravam-se amigas, de modo que, em algum momento, somente uma delas é promovida. A partir da análise dos dados, foram identificadas 12 categorias iniciais, das quais resultaram 4 categorias intermediárias que, por fim, geraram as 2 categorias finais, sendo elas: “Amizade, será?” e “Apenas um Ambiente Agradável”. O estudo possibilitou um maior entendimento e compreensão das relações de amizade nas organizações, permitindo um maior esclarecimento sobre as relações interpessoais existentes nas empresas. A pesquisa traz o questionamento quanto à existência da relação de amizade no local de trabalho, evidenciando os possíveis motivos para a falta de consenso na caracterização deste tipo de relação. Os dados levantados revelam que a amizade no contexto empresarial está intimamente atrelada à organização.
Abstract The work environment is a place that can cause the emergence of new friendships. Friends, in the organizational context, can provide support, understanding and assistance. The exchange of experience among those involved is a rich tool to enable the survival in the workplace and learning of how to deal with certain situations in the company (RIORDAN and GRIFFETH, 1995). The lost of a friend at work, according to Sias et. al. (2004), may mean the end of a source of support and help. The breakup of a relationship between friends, in an organization, can occur for many reasons, including: the personalities of those that are involve in the relationship, the conflicting expectations, the betrayals, and the promotions. In this research, in particular, was chosen to explore the promotion, regardless of the type of it, as possible reasons for the change in relationships of a friendship. Therefore, it tries to understand from the perception of the individuals, the influence of the career development in the relations of friendship between the pairs investigated. The research is characterized by an exploratory study and for this, it was used the qualitative approach, using a semi-structured in-depth and content analysis. It was interviewed six incidences of friendship at work, in four separate companies. The incidence is characterized by a pair of people working in the same organization. They worked together, as co-workers and considered themselves as friends, at some point only one of them was promoted. From the analysis of the data, it was identified 12 initial categories of which were located 4 intermediate categories, that eventually led to the 2 final categories, namely: "Friendship, is it?" and "Just a friendly environment." The study suggests a greater knowledge and understanding of the relationship of a friendship in the organizations, allowing greater insight into the interpersonal relationships in the existing companies. The research brings questions about the existence of a relationship of friendship in the workplace, showing possible reasons for the fault of consensus on the characterization of this type of relationship. The data collected show that the friendship in the business is closely linked the organization.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/19108
Arquivos Descrição Formato
000735294.pdf (452.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.