Repositório Digital

A- A A+

Nutrição pós-eclosão de frangos de corte

.

Nutrição pós-eclosão de frangos de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Nutrição pós-eclosão de frangos de corte
Autor Vieira, Sérgio Luiz
Phopal, S.
Resumo A emergência da casca marca o final do período de incubação das aves. Esse período pode ter extremos que vão de 480 a 510 horas em galinhas domésticas. As aves precociais nascem com reservas nutricionais provenientes do albúmen e gema residuais contidos no saco vitelino, que são importantes nas primeiras horas de vida enquanto ocorre a adaptação à alimentação independente, com recursos obtidos no meio ambiente. Aparentemente, os pintainhos de corte não apresentam restrições significativas com relação à utilização dos nutrientes obtidos externamente. Uma exceção, de importância questionável, pode ser a possível redução na capacidade de emulsificação das gorduras devido a uma menor concentração de sais biliares momentaneamente disponíveis. Entretanto, o imediato alojamento com disponibilização de alimento e água acelera a adaptação das aves à vida independente e tem reflexos positivos no desempenho posterior. Atrasos no alojamento, seja ainda na câmara de eclosão, transporte ou manejo dos pintinhos, reduzem o potencial de síntese protéica muscular, especialmente na musculatura do peito. Por muitos anos, os produtores de frangos de corte têm usado programas nutricionais que incluem uma mesma dieta da eclosão até as 3 semanas de idade. Recentemente, tem havido um aumento no interesse comercial por uma dieta especializada que contemple as diferenças de adaptação dos primeiros dias de vida das aves. A existência de diferenças entre exigências nutricionais das aves nessa situação com relação a animais mais maduros é ainda uma incógnita, tendo em vista o volume pequeno de informações disponíveis.
Abstract The emergence from the shell delineates the end of a period of incubation with extremes between 480 to 510 hours after the chicken lays the egg. Precocial birds hatch with a yolk sac attached containing residual albumen and yolk. These reserves are very important in the first hours after hatching while the birds adapt to the independent feeding with resources originating from the external environment. Apparently, the post-hatched bird does not have important restrictions to utilize nutrients obtained externally. One possible exception is the reduced ability for fat emulsification due to lower availability o bile salts. However, placing the birds as soon as they hatch accelerates adaptation to the independent life that leads to improved performance. Delaying bird placement in the house reduces the overall potential for protein deposition, especially in the breast muscle. Traditional broiler feeding programs use one feed from hatching to 3 weeks. There is an increasing interest for a diet elaborated to compensates for the uniqueness of the first days of birds lives Differences in nutrient requirements between the post-hatching chick and more mature birds seem to be obvious. However, the information available on this subject is scarce which makes the proposed commercial pre-starter diets be very conflicting.
Contido em Revista brasileira de ciência avícola= Brazilian journal of poultry science. Campinas, SP. Vol. 2, n. 3 (set. 2000), p. 189-199
Assunto Frango de corte : Nutricao animal
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/19389
Arquivos Descrição Formato
000297798.pdf (111.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.