Repositório Digital

A- A A+

Produção e desenvolvimento da tangerineira 'Montenegrina' propagada por enxertia e estaquia, no Rio Grande do Sul

.

Produção e desenvolvimento da tangerineira 'Montenegrina' propagada por enxertia e estaquia, no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção e desenvolvimento da tangerineira 'Montenegrina' propagada por enxertia e estaquia, no Rio Grande do Sul
Autor Schafer, Gilmar
Panzenhagen, Nestor Valtir
Sartori, Ivar Antonio
Schwarz, Sergio Francisco
Koller, Otto Carlos
Resumo A tangerineira-‘Montenegrina’ (Citrus deliciosa Ten.), devido às boas características de sabor, conservação e colheita tardia dos frutos, é muito apreciada e cultivada no Rio Grande do Sul. Os pomares comerciais são praticamente formados por mudas enxertadas sobre Poncirus trifoliata (L.) Raf. Devido à escassez de informações relativas à combinação desta cultivar com outros porta-enxertos, bem como sua propagação por estaquia, esta pesquisa objetivou estudar o comportamento inicial de plantas enxertadas sobre citrange ‘Troyer’ (Citrus sinensis (L.) Osb. x P. trifoliata), citrumelo ‘Swingle’ (C. paradisi Macf. x P. trifoliata) e P. trifoliata e de plantas propagadas por estaquia. O experimento foi instalado na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, em junho de 1989, delineado em blocos casualisados, com cinco plantas úteis por parcela e quatro repetições. Os resultados compreenderam as primeiras safras ocorridas de 1993 a 1998. (Continua)’ O citrumeleiro ‘Swingle’ foi o porta-enxerto que melhores resultados apresentou, aumentando a eficiência produtiva da tangerineira-‘Montenegrina’, cultivada na Depressão Central do Rio Grande do Sul, sendo que o Poncirus trifoliata diminuiu o desenvolvimento vegetativo das copas e induziu baixa eficiência produtiva. A propagação por estaquia não ofereceu vantagens em relação à enxertia sobre citrumeleiro ‘Swingle’ e citrangeiro ‘Troyer’
Abstract The mandarin ‘Montenegrina’ (Citrus deliciosa Ten.) yield from plants propagated either by grafting or cutting was evaluated at the ‘Universidade Federal do Rio Grande do Sul’ experimental agronomic station, southern Brazil, from 1993 to 1998. Three rootstocks were used in the grafted plants. The rootstocks studied were: ‘Swingle’ citrumelo [Citrus paradisi Macf. x Poncirus trifoliata (L.) Raf.] ‘Troyer’ citrange (Citrus sinensis x P. trifoliata) and trifoliate orange (P. trifoliata). The work was done using a randomized blocks design, with four replicates and five useful plants per plot. The yield and fruits number per plant were evaluated from 1993 to 1998. The 1995 yield was not significative due to alternation. ‘Swingle’ citrumelo rootstock promoted higher productive efficiency in ‘Montenegrina’ mandarins. Trifoliate orange decreased the vegetative development but induce low productive efficiency in ‘Montenegrina’ mandarins. Cutting was a worse plant propagation strategy than grafting when ‘Swingle’ citrumelo and ‘Troyer’ citrange were used as rootstocks.
Contido em Revista Brasileira de Fruticultura. Vol. 23, n. 3 (dez. 2001), p. 668-672
Assunto Enxertia
Estaquia
Porta-enxerto
Prática cultural : Comportamento de variedade
Propagação vegetativa
Tangerina
[en] Citrus deliciosa
[en] Poncirus trifoliata
[en] Rootstocks
[en] ‘Swingle’ citrumelo
[en] ‘Troyer’ citrange
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/19519
Arquivos Descrição Formato
000327640.pdf (125.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.