Repositório Digital

A- A A+

Utilização da energia de dietas para frangos de corte formuladas com óleo ácido de soja

.

Utilização da energia de dietas para frangos de corte formuladas com óleo ácido de soja

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilização da energia de dietas para frangos de corte formuladas com óleo ácido de soja
Outro título Energy utilization of broiler feeds formulated with acidulated soybean soapstock
Autor Vieira, Sérgio Luiz
Ribeiro, Andrea Machado Leal
Kessler, Alexandre de Mello
Fernandes, Lisiane Menezes
Ebert, André Ricardo
Eichner, Germano
Resumo O produto comercialmente chamado “óleo ácido de soja”, resulta da acidificação da borra residual do processo de refino do óleo de soja. Este tem sido muito utilizado na indústria de rações animais, ainda que com vários questinamentos a cerca de sua eficiência, tais como a adulteração com outros ácidos graxos de baixo valor nutricional, nível de peroxidação, presença de impurezas, e valores energéticos não confiáveis. Neste estudo, foi avaliado o desempenho de frangos de corte consumindo dietas contendo óleo de soja ou óleo ácido de soja nos níveis de 4 e 8% ou a mistura das duas fontes em partes iguais de 2 e 4% cada. Essas dietas foram fornecidas para frangos de corte alojados em baterias climatizadas a partir dos 7 dias de idade. As aves que receberam misturas equivalentes de óleo ácido de soja e óleo de soja apresentaram menor peso corporal no final do experimento (aos 42 dias) quando comparadas com aquelas que consumiram apenas óleo ou óleo ácido de soja, independentemente do nível adicionado. O nível de inclusão de óleo de soja ou óleo ácido de soja não influenciou o peso final das aves. Foi verificado maior consumo de ração pelos animais que receberam dietas de menor nível de inclusão, o que contribuiu para piorar a conversão alimentar dos mesmos. O óleo ácido de soja demonstrou ser uma fonte energética alternativa de alto potencial econômico para uso em dietas comerciais para frangos de corte, apresentando valor energético de 8.114 kcal EMAn/kg de MS, valor 5% inferior ao determinado para o óleo de soja degomado.
Abstract Acidulated soapstock, a by-product from the vegetable oil industry has been widely used in poultry nutrition. It is produced by the acid treatment of the residue left after refining vegetable oils. Several concerns exist on the use of this product, such as: adulteration, peroxidation, impurity, and uncertain energetic value. The current experiment focused on the use of the acidulated soapstock in broiler feeds compared with soybean oil. Feeds formulated with 4 and 8% added acidulated soapstock or soybean oil or their mixture in the ratios of 2 : 2 and 4 : 4 % were given to 7 day-old broiler chicks to 42 days of age placed in heated batteries. Birds receiving the diets with acidulated soapstock plus soybean oil had lower body weight at the end of the experiment when compared with birds on the treatments exclusively prepared with acidulated soapstock or soybean oil. This response was independent of the level of oil inclusion. Birds on the lower inclusion level consumed more feed, regardless of the oil source and showed poorer feed conversions, but did not show reduction in body weight when compared to the higher level of inclusion.
Contido em Revista brasileira de ciência avícola= Brazilian journal of poultry science. Campinas, SP. Vol. 4, n. 2, (maio/ago. 2002), p. 1-13
Assunto Frango de corte
Nutricao animal
Óleo vegetal
Ração
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/19655
Arquivos Descrição Formato
000370881.pdf (73.93Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.