Repositório Digital

A- A A+

Integração de dados geofísicos e geológicos na avaliação ambiental e epidemiológica de radiações naturais (radônio) no escudo Sul-Riograndense (RS-Brasil)

.

Integração de dados geofísicos e geológicos na avaliação ambiental e epidemiológica de radiações naturais (radônio) no escudo Sul-Riograndense (RS-Brasil)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Integração de dados geofísicos e geológicos na avaliação ambiental e epidemiológica de radiações naturais (radônio) no escudo Sul-Riograndense (RS-Brasil)
Autor Buffon, Sergio Alfredo
Orientador Strieder, Adelir Jose
Data 2002
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais.
Assunto Aerogamaespectrometria
Pesquisa mineral
Radiação natural
Radiação natural : Efeitos epidemiológicos
Radônio
Resumo Os efeitos provocados por radiações são conhecidos na literatura por meio dos estudos em usinas nucleares e em testes bélicos. Entretanto, os efeitos da radiação natural vêm despertando a atenção das autoridades da saúde, dentre as quais se destaca a Environmental Protection Agency (EPA) nos Estados Unidos e a National Radiological Protection Board (NRPB) no Reino Unido. Os efeitos epidemiológicos ocasionados por radiação de origem natural, mais especificamente a radiação emanada pelo gás radônio que fica acumulado em residências enclausuradas por muito tempo, tem sido alvo de intensas investigações. Nessa dissertação, foi realizada uma avaliação ambiental preliminar da radiação natural devida ao radônio como elemento epidemiológico no Escudo Sul-riograndense. Os dados utilizados para determinar o risco epidemiológico foram: neoplasias, radiação, geologia e população. O banco de dados dos casos de óbitos por neoplasias do estado foi obtido da Secretaria da Saúde, por meio do Núcleo de Informação em Saúde. A radiação natural devida ao radônio foi determinada a partir dos dados gamaespectrométricos obtidos de levantamento aerogeofísico da CPRM no Escudo Sul-riograndense, nos projetos Camaquã e Extremo Sudeste do Brasil realizados nos anos de 1973 e 1978, respectivamente. Os dados geológicos foram obtidos do Mapa Geológico do Estado de 1989. Os dados de população foram obtidos junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A integração de dados foi realizada usando a metodologia de matriz de sobreposição entre os dados de casos de óbitos por neoplasia e de gamaespectrometria. Os dados de população foram empregados para normalizar os dados de neoplasias, e o dado de geologia para correlacionar com a gamaespectrometria. Os resultados da integração são mapas classificados pelo grau de risco epidemiológico, nos quais é apresentada a relação entre os casos de neoplasias pela intensidade de radiação devida ao radônio. Nesse sentido, uma boa relação foi assinalada e são recomendados estudos adicionais sobre esse mesmo banco de dados.
Abstract The radiation effects on human beings are known from studies carried out on nuclear power plants and nuclear tests. However, the radiation effects due to natural radiation have being recently considered on health agencies, such as U.S.A. Environmental Protection Agency (EPA) and United Kingdon National Radiological Protection Board (NRPB). The epidemiological character due to natural radiation, mainly that regarded to radon emanation, has being investigated in last years, because the radon gas is accumulated in closed houses. This master dissertation is devoted to a preliminary evaluation of natural radon emanation as an epidemiological element in the sul-riograndense shield. The data used in this evaluation are: cancer deaths, natural radiation, geology and population. Just special types of cancer deaths were considered in this evaluation and the data were made available from Núcleo de Informação em Saúde of the Health State Secretary (Rio Grande do Sul). The natural radiation due to radon was determined from an aerogoephysical survey (gamaspectrometric) carried out during 1973 (Camaquã Project) and 1978 (Extremo Sudeste do Brasil) by the Geological Survey of Brazil (CPRM). The geological data is from Rio Grande do Sul geological map, published in 1989. The population data was obtained from Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). The data integration was performed through matrix of superposition method. The main input data were cancer deaths and natural radon emanation (gamaspectrometric data). The population data was used in order to normalize the cancer deaths original data. The gamaspectrometric data was used to achieve a better correlation with geological map. The results of data integration procedures are maps classifying epidemiological risk in the Sulriograndense Shield, in which the relation between cancer deaths and radon emanation intensity are shown. In this way, a good correlation is shown and additional studies are recommended.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/1979
Arquivos Descrição Formato
000362610.pdf (18.14Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.