Repositório Digital

A- A A+

Aspectos epidemiológicos da neoplasia mamária canina

.

Aspectos epidemiológicos da neoplasia mamária canina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos epidemiológicos da neoplasia mamária canina
Outro título Epidemiological aspects of canine mammary tumor
Autor Oliveira, Luciana Oliveira de
Oliveira, Rosemari Teresinha de
Loretti, Alexandre Paulino
Rodrigues, Rafael
Driemeier, David
Resumo Tumor de mama é a neoplasia mais freqüente em cadelas, entretanto, há controvérsias sobre os fatores que influenciam o desenvolvimento do tumor. O objetivo deste trabalho foi estudar o perfil das cadelas com tumor de mama atendidas no Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (HCV-UFRGS). Foram coletados os dados de 85 cadelas apresentando neoplasias mamárias, entre junho de 1999 e maio de 2000. Foram analisados o tempo de evolução dos tumores, neoplasias anteriores, histórico reprodutivo, localização, tamanho dos nódulos, ulcerações, metástases pulmonares e resultados da histopatologia. A partir destes dados, 71,8% foram lesões malignas e, 28,2%, benignas. A maioria dos malignos foi de carcinomas e, dos benignos, adenoma. A idade média foi de 9 anos para as cadelas com tumores benignos e de 9 anos para os malignos. O progestágeno foi associado a um maior número de tumores benignos. As pseudocieses foram relacionadas a tumores de mama malignos. Tanto o uso de progestágenos como as pseudocieses foram relacionados com o aparecimento precoce de neoplasias mamárias em cadelas.
Abstract Mammary tumor is the most frequent neoplasm occurring in bitches. Factors that exert influences on mammary neoplasms are still controversial. The purpose of this study was to analyze data from 85 dogs admitted for treatment at the Veterinary Hospital of Universidade Federal do Rio Grande do Sul (HCV-UFRGS) between July 1999 and May 2000. Period of development of the tumor, previous tumors, reproductive history, location and size of the lesions, ulceration of the tumoral masses, presence of lung metastases and histopathology data were analyzed. According to histopathology, 71.8% of the animals presented malignant tumors and 28.2% showed benign tumors. Carcinoma was the most common malignant mammary tumor and adenoma was the most frequent benign tumor. The use of progestins was related to a higher percentage of benign tumoral masses and the pseudopregnancies were associated with development of malignant neoplasms. The average age of the animals was 9 years for benign tumors and 10.2 for malignant ones. The use of progestagens and the development of pseudopregnancies were both associated with earlier development of canine mammary tumors.
Contido em Acta scientiae veterinariae. Porto Alegre, RS. Vol. 31, n. 2 (2003), p. 105-110
Assunto Câncer : Epidemiologia
Neoplasias
Tumores mamarios : Cadelas
[en] Dogs
[en] Mammary
[en] Progestagen
[en] Pseudopregnancies
[en] Tumor
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/19802
Arquivos Descrição Formato
000416423.pdf (302.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.