Repositório Digital

A- A A+

Efeito de tratamentos térmicos por imersão na qualidade de maçãs cv. Fuji inoculadas com Botryosphaeria dothidea e armazenadas em atmosfera controlada

.

Efeito de tratamentos térmicos por imersão na qualidade de maçãs cv. Fuji inoculadas com Botryosphaeria dothidea e armazenadas em atmosfera controlada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito de tratamentos térmicos por imersão na qualidade de maçãs cv. Fuji inoculadas com Botryosphaeria dothidea e armazenadas em atmosfera controlada
Outro título Effects of heat treatments on fruit quality of “fuji” apples inoculated with Botryosphaeria dothidea and stored in controlled atmosphere
Autor Lunardi, Rosangela
Seibert, Eduardo
Pezzi, Ernani
Casali, Michel Elias
Bender, Renar João
Resumo O trabalho teve por objetivo avaliar a ocorrência de perdas qualitativas em maçãs cultivar Fuji, previamente inoculadas com o agente causal da podridão-branca (Botryosphaeria dothidea), durante armazenagem em atmosfera controlada (AC) de 1,2-1,6 kPa de O2 e 0,2-0,4 kPa de CO2 à temperatura de 0-1ºC. Os tratamentos foram combinações de 3 períodos (1; 2 ou 3 minutos) e 3 temperaturas da água de imersão (47; 49 ou 52ºC). As maçãs foram avaliadas após 1; 3 ou 5 meses em AC e mais 7 dias em temperatura ambiente. Ao final de cada período de armazenagem, as maçãs foram avaliadas para as seguintes variáveis: firmeza de polpa, sólidos solúveis totais (SST), acidez titulável e perda de peso. O armazenamento em AC manteve as características de qualidade, mas não controlou o desenvolvimento de sintomas da podridão-branca. Os tratamentos de calor não retardaram as perdas da firmeza de polpa e pouco influenciaram os teores de SST. 0s teores de acidez titulável diminuíram, e as porcentagens de perda de peso aumentaram com os tratamentos de calor por imersão em água quente. Termos para indexação: Termoterapia, Malus domestica Borkh., podridão-branca.
Abstract The objective of the present work was to evaluate the effects of heat treatments on the quality of apples cv. Fuji. The fruits were immersed for one, two or three minutes in water at 47, 49 or 52oC. Before the heat treatments, the apples were artificially inoculated with the fungus that causes white rot (Botryosphaeria dothidea). After the heat treatments, the apples were stored in controlled atmosphere (CA) of 1,2-1,6kPa O2 and 0,2- 0,4kPa CO2 at 0-1oC for one, three or five months, and seven days at room temperature. At the end of each storage period the apples were evaluated for flesh firmness, total soluble solids (TSS), titratable acidity and weight loss. CA storage contributed to maintain fruit quality, but did not affect the development of B. dothidea. The heat treatments did not delay flesh firmness losses and had little influence on the TSS contents, however, there was a negative effect of the heat treatments on titratable acidity and weight loss of heat treated apples stored in CA.
Contido em Revista Brasileira de Fruticultura. Vol. 25, n. 2 (ago. 2003), p. 332-334
Assunto Imersão
Maçã
Tratamento térmico
[en] Malus domestica Borkh.
[en] Thermotherapy
[en] White rot
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/19868
Arquivos Descrição Formato
000447285.pdf (173.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.