Repositório Digital

A- A A+

Ocorrência de opacidades corneanas (Florida spots) en gatos atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS

.

Ocorrência de opacidades corneanas (Florida spots) en gatos atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ocorrência de opacidades corneanas (Florida spots) en gatos atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS
Outro título Occurrence of corneal opacities (Florida Spots) in cats referred to the Veterinary Medical Teaching Hospital/UFRGS
Autor Machado, Mauro Luiz da Silva
Baptista, Nina Isabel de Oliveira
Breitsameter, Irene
Resumo Florida Spots são opacidades corneanas que acometem cães e gatos, observada primeiramente em gatos no Sul da Florida-EUA. A etiologia ainda é desconhecida e origens micótica, bacteriana (micobactéria) ou por efeito físico da incidência de luz ultravioleta já foram sugeridas, porém, não comprovadas. O objetivo deste trabalho foi conhecer a ocorrência de Florida Spots em gatos atendidos na clínica geral do Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS (HCV), Porto Alegre – RS e sua relação com sexo, idade, raça e ambiente (outros contatantes felinos). Escolheu-se aleatoriamente 100 gatos conduzidos à consulta no hospital por motivos diversos no ano de 2001. Observou-se Florida Spots em 32 % dos animais, dos quais 43,75 % eram afetados unilateralmente (57 % o olho esquerdo e 43 % o olho direito). Foi significativa a diferença estatística em relação à raça (SRD foram os mais afetados (p < 0,05) e também significativo em relação aos animais que tiveram contato com outros gatos (p < 0,05). O fato de animais SRD (que habitualmente são criados de forma mais livre, o que permite o contato com outros gatos) e animais que, independente da raça, tiveram contato com outros serem os mais afetados, induz-nos a pensar na possibilidade de haver um agente etiológico transmissível envolvido nesta afeção, e não fatores físicos ambientais.
Abstract Florida Spots is a type of corneal opacity of dogs and cats that was primarily described in cats in South Florida, USA. Although the etiology of this disorder remains unknown, microorganisms (fungi and bacteria) and preconditioning by environmental physical stimuli such as ultraviolet light have been suggested, but yet to be proved, as causal factors of this pathology. The aim of this study was to describe the occurrence of Florida Spots in cats referred to the Veterinary Medical Teaching Hospital at UFRGS, Porto Alegre, RS and its relationship with sex, age, breed and environment (contact with others cats). One hundred randomly chosen cats admitted to the hospital during the year of 2001 were examined for this study. Symptoms for Florida Spots were detected in 32 % of the cats, from which 44 % were affected unilaterally (43 % and 57% on the on the left and right eyes, respectively). Breed and environment had a significant effect on the prevalence of the condition (P<0.005), with crossed cats and animals normally raised outdoors, which allows direct contact with other cats, being the most affected animals. Such breed and environmental effects suggest the existence of a primary microorganism involvement in the appearance of this pathological condition.
Contido em Acta scientiae veterinariae. Porto Alegre, RS. Vol. 32, n. 1 (2004), p. 65-68
Assunto Oftalmologia : Pequenos animais
Opacidades corneanas
[en] Cats
[en] Corneal opacities (Florida Spots)
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/19930
Arquivos Descrição Formato
000469254.pdf (331.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.