Repositório Digital

A- A A+

Transporte-maturação de oócitos bovinos em palhetas

.

Transporte-maturação de oócitos bovinos em palhetas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transporte-maturação de oócitos bovinos em palhetas
Outro título Transport-maturation of bovine oocytes in straws
Autor Tessmann, Janaína Vanuci
Mozzaquatro, Fabrício Desconzi
Rauber, Lúcio Pereira
Santos, Márcia Vendrusculo dos
Chequim, Ricardo Monteiro
Bernardi, Mari Lourdes
Silva, Carlos Antonio Mondino
Rubin, Mara Iolanda Batistella
Resumo A demanda pela aspiração folicular associada à produção in vitro de embriões, no Brasil, aumentou com o objetivo de acelerar o ganho genético do rebanho bovino. A técnica, no entanto, apresenta limitações, especialmente relacionadas ao tempo e às condições de transporte dos oócitos até o laboratório. Para avaliar o uso de palhetas de 0,25mL no transportematuração simulado, complexos cumulus-oócitos (CCO) de vacas de frigorífico foram maturados in vitro. No experimento I, efetuou-se a maturação em meio TCM-199, em placas de 4 poços, em estufa a 38,5°C, 5%CO2, por 24h (grupo controle) e em palhetas, em meio TCM-Hepes, mantidas por 6h em banho-maria (grupo BM) ou garrafa térmica (grupo T), a 38,5°C. Nestes dois grupos, a maturação foi completada em placas, por 18h, nas mesmas condições do grupo controle. No experimento II, simulouse o transporte em palhetas, em meio TCM-Hepes, a 38,5ºC, por 24h, em estufa (grupo palheta). O grupo controle foi semelhante ao do experimento I A fecundação (=D0) foi efetuada em meio TALP-Fert, por 18h, e o cultivo foi efetuado em meio SOFaaci, por 8 dias, em ambos os experimentos. As taxas de blastocistos em D7, no experimento I, foram semelhantes (P>0,05) para os grupos controle (31%;97/312), BM (21%;64/301) e T (31%;94/298). No experimento II, não houve diferença (P>0,05) nas taxas de blastocistos em D7 entre os grupos controle (30%;44/145) e palheta (20%;29/139). O número de células dos blastocistos eclodidos não diferiu entre os grupos, em ambos os experimentos (P>0,05). As palhetas ofereceram condições seguras e práticas para o transporte-maturação de CCO em TCM-Hepes, em garrafa térmica a 38,5ºC, por 6h. Portanto, sua aplicação é possível nos programas de aspiração folicular e produção in vitro de embriões bovinos.
Abstract The interest for bovine ovum pick-up associated with the embryo in vitro production process in Brazil is growing, seeking a fast genetic improvement of the herd. However, the whole procedure shows limitations especially regarding time and conditions for the transport of oocytes. To evaluate the use of 0.25mL straws during the transportmaturation process, cumulus-oocyte complexes (COC) obtained from slaughtered cows were selected for in vitro maturation. In experiment I, the maturation was performed in 4-well dishes, with TCM-199 medium, in an incubator with 5% CO2, at 38.5°C, for 24h (control group) and into 0.25mL straws containing TCM-Hepes medium, maintained in water bath (BM group) or in a thermo bottle (T group) at 38.5°C, for 6h. In these two groups, maturation was completed in 4-well dishes, for 18h, in the same conditions of the control group. In experiment II, the transport-maturation was simulated in straws with TCM-Hepes medium, at 38.5ºC, in an incubator, for 24h (straw group). The control group was similar to that described for experiment I. The fertilization (Day 0) was accomplished in TALP-FERT for 18h and the culture in SOFaaci medium, for 8 days, in both experiments. In experiment I, blastocyst rates at D7 were similar (P>0.05) for control (31%; 97/312), BM (21%; 64/301) and T (31%;94/298) groups. In Experiment II, no differences (P>0.05) were observed between control (30%; 44/145) and straw (20%; 29/139) groups. Embryo cell number of hatched blastocysts was similar between groups, in both experiments (P>0.05). The straws offered a safe and practical method for bovine oocyte transport in TCM-Hepes, in thermo bottles, at 38.5ºC, for 6h. Therefore, its application is possible in programs of oocyte aspiration and in vitro embryo bovine production.
Contido em Acta scientiae veterinariae. Porto Alegre, RS. Vol. 32, n. 3 (2004), p. 177-184
Assunto Ovino
Reprodução animal
[en] Bovine
[en] Hepes
[en] PIV
[en] Straws
[en] Transport
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/19969
Arquivos Descrição Formato
000481421.pdf (254.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.