Repositório Digital

A- A A+

The efficacy of antidepressants for generalized anxiety disorder : a systematic review and meta-analysis

.

The efficacy of antidepressants for generalized anxiety disorder : a systematic review and meta-analysis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título The efficacy of antidepressants for generalized anxiety disorder : a systematic review and meta-analysis
Outro título A eficácia dos antidepressivos para transtorno de ansiedade generalizada: uma revisão sistemática e metanálise
Autor Schmitt, Ricardo
Gazalle, Fernando Kratz
Lima, Maurício Silva de
Cunha, Ângelo
Souza, Juliano
Kapczinski, Flávio Pereira
Resumo Objetivos: Investigar a eficácia e tolerabilidade dos antidepressivos no tratamento do Transtorno de ansiedade generalizada (TAG). Métodos: Todos os ensaios clínicos randomizados que investigavam o uso de antidepressivos para Transtorno de ansiedade generalizada até maio de 2002 foram incluídos nesta revisão. Ensaios clínicos não randomizados e aqueles que incluíram pacientes com Transtorno de ansiedade generalizada e outra comorbidade de Eixo I foram excluídos. Riscos relativos, diferenças de médias e número necessário para tratar (NNT) foram estimados. Pessoas que morreram ou saíram dos estudos foram considerados como sem melhora. Resultados: Antidepressivos (imipramina, venlafaxina e paroxetina) foram superiores ao placebo no tratamento do Transtorno de ansiedade generalizada. O número necessário para tratar para os antidepressivos em Transtorno de ansiedade generalizada foi 5,15. Taxas de abandono não diferiram entre antidepressivos e placebo. Conclusão: A evidência disponível sugere que os antidepressivos são um tratamento adequado para pacientes com Transtorno de ansiedade generalizada.
Abstract Objective: To investigate the efficacy and acceptability of antidepressants in the treatment of generalized anxiety disorder. Methods: All randomized controlled trials assessing the use of antidepressants in generalized anxiety disorder up to may 2002 were included. Non randomized trials and those that included patients with both generalized anxiety disorder and another Axis I co-morbidity were excluded. Relative risks, weighted mean difference and number needed to treat were estimated. People who died or dropped out were regarded as having had no improvement. Results: Antidepressants (imipramine, venlafaxine and paroxetine) were found to be superior to placebo in treating generalized anxiety disorder. The calculated number needed to treat for antidepressants in generalized anxiety disorder was 5.15. Dropout rates did not differ between antidepressants and placebo. Conclusion: The available evidence suggests that antidepressants would probably be a reasonable treatment for generalized anxiety disorder patients in the clinical context.
Contido em Revista brasileira de psiquiatria = Brazilian journal of psychiatry. São Paulo, SP. Vol. 27, n. 1 (mar. 2005), p. 18-24
Assunto Antidepressivos
Ensaios clínicos controlados aleatórios
Metanálise
Quimioterapia
Transtornos da ansiedade
Usos terapêuticos
[en] Antidepressive agents
[en] Anxiety disorders
[en] Meta-analysisdrug therapy
[en] Randomized controlled trials
[en] Review academic [Publication type]
[en] Therapeutic use
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20144
Arquivos Descrição Formato
000517217.pdf (2.129Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.