Repositório Digital

A- A A+

Estratégias de valor no mercado de ações brasileiro

.

Estratégias de valor no mercado de ações brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégias de valor no mercado de ações brasileiro
Autor Rostagno, Luciano Martin
Soares, Rodrigo Oliveira
Soares, Karina Talamini Costa
Resumo Este artigo busca verificar, no mercado brasileiro de ações, a hipótese na qual as estratégias de investimento em ações de valor superam as em ações de crescimento e o índice de mercado. O teste efetuado envolveu o período compreendido entre junho de 1995 e junho de 2001. Dentre as variáveis usadas para a construção das carteiras de valor e crescimento estão a razão valor patrimonial da ação/preço (VPA/P), razão lucro/preço (L/P), razão dividendos/preço (DIV/P) e razão vendas/preço (V/P), todas tomadas em dólar americano. A análise foi conduzida utilizando o método apresentado por Fama e French (1992) e Lakonishok, Shleifer e Vishny (1994). Os resultados obtidos apontaram que as carteiras de valor apresentam performance superior e menor risco, este medido pelo beta, em relação às de crescimento para todas as variáveis proxy para rendimentos futuros testadas. Além disso, foi efetuado um teste adicional de avaliação do comportamento das carteiras o qual demonstrou consistentes maiores retornos por parte das carteiras de valor em relação ao mercado, após um período de turbulência. As evidências encontradas sugerem que os investimentos em ações de valor apresentam maiores retornos devido a erros de expectativas cometidos pelos investidores e não porque sejam fundamentalmente mais arriscados que os realizados em ações de crescimento.
Abstract This paper seeks to verify, in the Brazilian stock market, the hypothesis that value strategies outperform growth strategies. The test involves the period running from June of 1995 to June of 2001. Within the variables used to assemble value and growth portfolios are book-to-market ratio, earnings-price ratio, dividend-price ratio, and sales -price ratio, all in US dollar. The analysis was conducted using the methodologies presented by Fama and French (1992) and Lakonishok, Shleifer, and Vishny (1994). The results show that value portfolios present superior performance and less risk, measured by beta, over growth portfolios for all proxies for future earnings tested. Additionally, value portfolios provided consistent higher returns relative to the market after a turbulent period. Evidences suggest that value investing has higher returns because of expectational errors made by investors and not because it is fundamentally riskier.
Contido em Read : revista eletrônica de administracão. Porto Alegre. Edição 48, vol. 11, n. 6 (nov./dez. 2005), documento eletrônico
Assunto Acoes
Estudo de caso
Investimentos
Mercado financeiro
[en] Asset Pricing
[en] Financial Markets
[en] Growth and Value Stocks
[en] Investment Strategies
[en] Market Efficiency
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20182
Arquivos Descrição Formato
000528916.pdf (86.91Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.