Repositório Digital

A- A A+

Population dynamics of Cosmoclopius nigroannulatus Stal (Hemiptera, Reduviidae) in tobacco culture

.

Population dynamics of Cosmoclopius nigroannulatus Stal (Hemiptera, Reduviidae) in tobacco culture

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Population dynamics of Cosmoclopius nigroannulatus Stal (Hemiptera, Reduviidae) in tobacco culture
Outro título Dinâmica populacional de Cosmoclopius nigroannulatus Stal (Hemiptera, Reduviidae) em cultura de fumo
Autor Jahnke, Simone Mundstock
Redaelli, Luiza Rodrigues
Diefenbach, Lucia Maria Lopes de Almeida Guedes
Resumo A ação de predadores sobre populações de insetos considerados pragas é de suma importância em agroecossistemas. A ecologia populacional de Cosmoclopius nigroannulatus, um reduvídeo predador associado à cultura do fumo, foi investigada para estudar a dinâmica populacional dos adultos ao longo do ciclo da cultura. Numa área experimental (300 m2), em Porto Alegre (30°01’S; 51°13’W), RS, Brasil, foram plantadas 270 mudas de fumo, identificadas por coordenadas alfanuméricas. As amostragens foram diárias de agosto a dezembro de 1999 e, a partir de então, três vezes por semana até abril de 2000. Os adultos foram capturados manualmente, marcados, sexados e devolvidos à mesma planta. Foram registrados o número, a coordenada e a localização na planta. Para análise das estimativas populacionais foi utilizado o método Fisher-Ford. Nas 107 ocasiões de amostragem, foram marcados 604 indivíduos, sendo 273 machos e 331 fêmeas. Foram registradas três gerações de C. nigroannulatus durante o ciclo da cultura. A geração colonizante foi composta por 14 machos e 15 fêmeas; na primeira geração foram registrados 109 machos e 137 fêmeas e na segunda, 150 machos e 179 fêmeas. A razão sexual na geração colonizante foi de 0,48, na primeira geração, de 0,44 e na segunda, 0,46. A sobrevivência diária estimada variou entre gerações, decrescendo de 98% na geração colonizante para 87% na segunda. A longevidade observada ou tempo de permanência na área variou significativamente entre gerações, ficando em torno de 40 dias na geração colonizante, 13 dias na primeira geração e 5 dias na segunda. Observou-se que, com o aumento da população, ocorre a diminuição da sobrevivência e/ou tempo de permanência na área, sugerindo que este fato possa estar ligado a uma diminuição dos recursos disponíveis e, conseqüentemente, ao aumento da competição intra-específica.
Abstract The role of predators influencing populations of insects considered as pests is extremely important for agroecosystems. The population ecology of Cosmoclopius nigroannulatus, a predatory reduvid associated with the tobacco culture was investigated aiming to study the population dynamics of adults, along the culture cycle. In an experimental plot of approximately 300 m2, in Porto Alegre (30°0’S; 51°13’W), RS, Brazil, 270 tobacco plants were grown; each plant identified by alphanumeric coordinates. Using the mark-release-recapture method, daily samplings were done from August to December 1999, and three times a week from this date until April 2000. The adults were captured by hand, marked, sexed and released on the same plant they were captured. The individual number and plant coordinate were registered. Population estimates were analyzed by the Fisher-Ford method. In 107 sampling occasions, 604 individuals were marked, 273 males and 331 females. Three generations of C. nigroannulatus were registered during the culture cycle. The colonizing generation was represented by 14 males and 15 females (a sex ratio of 0.48), the first by 109 males and 137 females (0.44) and the second by 150 males and 179 females (0.46). The estimated daily survival rate varied between generations decreasing from 98% in the colonizing generation to 87% in the second. The observed longevity or permanence time in the experimental area varied significantly among generations, being at about 40 days in the colonizing generation, 13 days in the first and 5 days in the second. It was observed that as the population increases, the survival and/or permanence time in the area decreases, suggesting a relation between this and a decline in the available resources probably with an associated increase in intra-specific competition.
Contido em Brazilian journal of biology. São Carlos. Vol. 62, n. 4B (2002), p. 819-826
Assunto Biologia
Doença de planta
[en] Cosmoclopius nigroannulatus
[en] Natural enemies
[en] Predators
[en] Reduvids
[en] Tobacco
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20231
Arquivos Descrição Formato
000557704.pdf (468.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.