Repositório Digital

A- A A+

Famílias e patriarcado : da prescrição normativa à subversão criativa

.

Famílias e patriarcado : da prescrição normativa à subversão criativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Famílias e patriarcado : da prescrição normativa à subversão criativa
Outro título Families and patriarchy : from normative prescription to creative subversion
Autor Narvaz, Martha
Koller, Silvia Helena
Resumo Este trabalho problematiza o patriarcado enquanto discurso normativo de papéis familiares, uma vez que valores patriarcais atravessaram os tempos e deixam suas marcas na constituição das famílias ainda na atualidade. A articulação do patriarcado ao capitalismo é também discutida como uma das possíveis explicações para o sistema social de opressão das mulheres. A despeito das conquistas sociais e dos dispositivos legais que postulam a igualdade de direitos entre homens e mulheres, as discriminações ditadas pelo patriarcado são uma forma de violência de gênero e de violação dos direitos humanos das mulheres. Entretanto, apesar da prescrição normativa patriarcal, as famílias inventam outros papéis familiares na cotidianidade de suas experiências, o que explode a hegemonia do discurso patriarcal normativo ainda existente. Isto destaca, ainda, a criativa e subversiva capacidade de resistência humana a prescrições impostas, em especial a resistência das mulheres à opressão patriarcal que lhes tem sido imposta há séculos.
Abstract This paper discusses patriarchy as a normative discourse on family roles, as patriarchal values have crossed centuries and still mark today’s family constitution. Patriarchy linked to capitalism is also discussed as one possible explanation for women’s oppression in the social system. In spite of social and legal achievements about equality rights between men and women, discrimination established by patriarchy is a kind of gender violence and women’s human rights violation. However, despite patriarchy’s normative prescription, families invent other family roles in their daily experiences, which explodes the remaining hegemonic patriarchal normative discourse. It also shows the creative and subversive human resistance power against imposed prescriptions, specially female resistance power against patriarchal oppression that has been imposed upon women for centuries.
Contido em Psicologia & sociedade. São Paulo. Vol. 18, n.1, (jan./abr. 2006), p.49-55.
Assunto Família
Mulheres
Patriarcado
Violência
[en] Families
[en] Family roles
[en] Gender violence
[en] Patriarchy
[en] Women’s rights
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20260
Arquivos Descrição Formato
000566778.pdf (71.06Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.