Repositório Digital

A- A A+

Polypharmacy and suicide attempts in bipolar disorder

.

Polypharmacy and suicide attempts in bipolar disorder

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Polypharmacy and suicide attempts in bipolar disorder
Outro título Polifarmácia e tentativas de suicídio no transtorno bipolar
Autor Gazalle, Fernando Kratz
Hallal, Pedro Curi
Tramontina, Juliana Fernandes
Rosa, Adriane Ribeiro
Andreazza, Ana Cristina
Zanatto, Vanessa Cassina
Santin, Aida Maria Pereira
Kapczinski, Flávio Pereira
Ceresér, Keila Maria Mendes
Resumo Objetivo: O objetivo deste trabalho foi verificar associação entre tentativas de suicídio e uso de múltiplas drogas em pacientes com transtorno do humor bipolar. Método: Cento e sessenta e nove pacientes ambulatoriais com transtorno do humor bipolar, diagnosticados pela entrevista clínica estruturada do DSM-IV, foram incluídos. Dados demográficos e socioeconômicos, número de medicações em uso, história de tentativas de suicídio, número de anos sem diagnóstico, idade de início e comorbidades psiquiátricas foram avaliados através de um questionário estruturado e pelos critérios do DSM-IV. A principal medida de desfecho foi o número de medicamentos psicotrópicos usados correntemente. Resultados: Cerca de metade dos pacientes (48,5%) apresentou uma história de tentativas de suicídio; 84% estavam usando mais do que uma medicação e 19% estavam usando mais do que três medicações. As combinações de fármacos mais utilizadas por estes pacientes foram: lítio + valproato (17%); lítio + antipsicóticos (10%); lítio + valproato + antipsicóticos (9%); e antidepressivos + outros fármacos (6%). O número de tentativas de suicídio mostrou-se associado ao uso de polifarmácia, na análise ajustada. Conclusões: Nossos resultados sugerem que a polifarmácia em pacientes bipolares pode estar relacionada a indicadores de gravidade, como número de tentativas de suicídio.
Abstract Objective: The aim of this study was to assess the association between suicide attempts and the use of multiple drugs in patients with bipolar disorder. Method: One hundred sixty-nine bipolar disorder outpatients diagnosed using the DSM-IV Structured Clinical Interview were included. Demographic and socioeconomic data, number of medications currently in use, history of suicide attempts, number of years undiagnosed, age of onset and current psychiatric co-morbidities were assessed using a structured questionnaire and DSM-IV criteria. The main outcome measure was the number of psychotropic drugs currently in use. Results: Approximately half of all patients (48.5%) presented a history of suicide attempt; 84% were using more than one medication, and 19% were using more than three drugs. The most frequent combinations of drugs used by these patients were: lithium + valproate (17%); lithium + antipsychotics (10%); lithium + valproate + antipsychotics (9%); and antidepressants + any drug (6%). The number of suicide attempts was associated with the use of multiple drugs. Conclusions: Our findings support the notion that the use of combination therapy in bipolar disorder may be related to severity of the BD, such as number of suicide attempts.
Contido em Revista brasileira de psiquiatria = Brazilian journal of psychiatry. São Paulo. Vol. 29, n. 1 (Mar. 2007), p. 35-38
Assunto Psiquiatria
[en] Bipolar disorder
[en] Mood disorder
[en] Polypharmacy
[en] Suicide
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20437
Arquivos Descrição Formato
000608422.pdf (287.7Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.