Repositório Digital

A- A A+

Prevalência de hipertensão arterial em adultos e fatores associados : um estudo de base populacional urbana em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

.

Prevalência de hipertensão arterial em adultos e fatores associados : um estudo de base populacional urbana em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência de hipertensão arterial em adultos e fatores associados : um estudo de base populacional urbana em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil
Outro título Hypertension prevalence and its associated risk factors in adults : a population-based study in Pelotas
Autor Costa, Juvenal Soares Dias da
Barcellos, Franklin Correa
Sclowitz, Marcelo Leal
Sclowitz, Iândora Krolow Timm
Castanheira, Marcelo
Olinto, Maria Teresa Anselmo
Menezes, Ana Maria Baptista
Gigante, Denise Petrucci
Macedo, Silvia
Fuchs, Sandra Cristina Pereira Costa
Resumo Objetivo: Determinar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica e os fatores associados a sua ocorrência. Métodos: Realizou-se um estudo transversal, de base populacional, na população de 20 a 69 anos residente na zona urbana de Pelotas-RS. A variável dependente hipertensão arterial sistêmica foi definida como pressão arterial > ou = 160 x 95 mmHg (média de duas medidas) ou o uso atual de medicação anti-hipertensiva. Resultados: Entre as 1.968 pessoas incluídas no estudo, foi encontrada uma prevalência de 23,6% (IC95% 21,6 a 25,3) de hipertensão arterial. Os fatores de confusão foram controlados através da regressão de Poisson. Foram mantidas no modelo final com significância estatística as variáveis: renda familiar, idade, cor da pele, sexo, história familiar de hipertensão, consumo adicional de sal e índice de massa corporal. Conclusão: Observou-se um aumento da prevalência de hipertensão em comparação com estudo semelhante realizado em 1992. O maior aumento percentual de prevalência ocorreu nos grupos mais jovens.
Abstract Objective: To determine hypertension prevalence and its associated risk factors. Methods: A cross-sectional, population-based study of people ages 20 to 69 living in the urban area of Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil, was conducted. The dependent variable systemic hypertension was defined as blood pressure > ou = 160 x 95 mm Hg (average of two readings) or current use of antihypertensive drugs. Results: Among the 1,968 subjects enrolled in the study, hypertension prevalence was 23.6% (95% CI 21.6 to 25.3). A Poisson regression model was used to control confounding factors effects. The following variables remained statistically significant in the final model: family income, age, skin color, gender, family history of hypertension, extra salt intake, and body mass index. Conclusion: Compared with a similar study undertaken in 1992, hypertension prevalence increased, particularly in the younger groups.
Contido em Arquivos brasileiros de cardiologia. São Paulo. Vol. 88, n. 1 (jan. 2007), p. 59-65
Assunto Cardiologia
[en] Hypertension
[en] Prevalence
[en] Risk factors
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20451
Arquivos Descrição Formato
000609361.pdf (146.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.