Repositório Digital

A- A A+

Sentimentos maternos frente ao desenvolvimento da criança aos 12 meses : convivendo com as novas aquisições infantis

.

Sentimentos maternos frente ao desenvolvimento da criança aos 12 meses : convivendo com as novas aquisições infantis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sentimentos maternos frente ao desenvolvimento da criança aos 12 meses : convivendo com as novas aquisições infantis
Outro título Maternal feelings concerning child development at 12 months old: living with the child’s new acquisitions
Autor Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Oliveira, Débora Silva de
Vivian, Aline Groff
Bohmgahren, Lúcia Martins Costa
Piccinini, Cesar Augusto
Tudge, Jonathan Richard Henry
Resumo Aos 12 meses a criança apresenta novas aquisições de linguagem e locomoção que a permitem realizar movimentos de afastamento e reaproximação do cuidador. Assim, a mãe ocupa papel fundamental, pois deve proporcionar oportunidades para descobertas e favorecer explorações. Este estudo investigou o desenvolvimento da criança aos 12 meses e os sentimentos maternos em relação a esse momento. Participaram 28 mulheres, de nível socioeconômico variado, com idades entre 20 e 37 anos, cujos filhos tinham 12 meses. Foi realizada uma entrevista semi-estruturada sobre a experiência da maternidade e o desenvolvimento da criança. A análise de conteúdo revelou a riqueza das novas aquisições e seu impacto nos sentimentos maternos. As mães relataram sentimentos ambivalentes de gratificação e realização, mas também de maior demanda e dedicação. Dada a importância desse período, torna-se fundamental que a mãe seja capaz de adaptar-se às novas aquisições infantis e que esteja disponível para partilhar de suas experiências.
Abstract When the child is 12 months old he/she acquires new language and locomotion abilities, which allows him/her to both move away and get close to the caretaker. Thus, the mother holds a fundamental role, since she must give the child opportunities for discoveries and explorations. This study investigated child’s development at 12 months old as well as maternal feelings in relation to this moment. Twenty-eight women aged 20 to 37, of different social economic level, whose child was 12 months old, took part in the study. A semi-structured interview about motherhood experience and child’s development was carried out. The content analysis revealed the richness of the new acquisitions and their impact on maternal feelings. Mothers reported ambivalent feelings of gratification and fulfillment, but also of greater demand and dedication. Given the importance of this period, it is crucial that the mother should be able to adapt to child’s new acquisitions and be available to share their experiences.
Contido em Psicologia : teoria e pesquisa. Brasília, DF. Vol. 23, n.1 (jan./mar. 2007), p. 5-15
Assunto Bebê
Comportamento exploratório
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento motor
Emoção
Mãe : Psicologia
Separação-individuação
[en] Child development
[en] Maternal feelings
[en] One-year-old children
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20538
Arquivos Descrição Formato
000630985.pdf (285.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.