Repositório Digital

A- A A+

Amiloidose sistêmica do tipo AA em um canino Sharp-pei Chinês

.

Amiloidose sistêmica do tipo AA em um canino Sharp-pei Chinês

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Amiloidose sistêmica do tipo AA em um canino Sharp-pei Chinês
Outro título Systemic Amyloidosis type AA in a dog Chinese Shar-Pei
Autor Sonne, Luciana
Oliveira, Eduardo Conceição de
Santos, Adriana da Silva
Pavarini, Saulo Petinatti
Bezerra Junior, Pedro Soares
Antoniassi, Nadia Aline Bobbi
Tessari, Jardel Pereira
Driemeier, David
Resumo A deposição sistêmica do amilóide pode ocorrer de forma hereditária, a predisposição ocorre principalmente em gatos Abissínios e cães da raça Shar-pei Chinês. Um canino da raça Shar-pei Chinês foi encaminhado para necropsia no Setor de Patologia Veterinária da UFRGS. O canino apresentava aumento de volume dos membros posteriores e nos seus exames bioquímicos havia um aumento significativo de creatinina e uréia. Na necropsia observou-se edema nos membros posteriores, rins pálidos e mineralização na região medular renal. Erosões bilaterais na região ventral da língua, mineralização no endocárdio do átrio esquerdo, parede das artérias aorta e pulmonares também foram observados. Fragmentos de rim, mergulhados em solução de lugol, demonstraram inúmeros pontos escuros que corresponderam ao depósito de amilóide nos glomérulos. Na histopatologia, se evidenciou a presença de proteínas amilóides no rim, fígado e tireóide, resultado este confirmado pela coloração de vermelho Congo. A diferenciação com permanganato de potássio demonstrou ser um amilóide do tipo AA. No canino analisado não havia indício de doença inflamatória crônica. Com isso, supõem-se que a amiloidose seja de causa hereditária.
Abstract Systemic amyloid deposition can be hereditary. The predisposition occurs especially in Abyssinian cats and Chinese Shar-Pei dogs. A Chinese Shar-Pei dog was submitted for necropsy to the Veterinary Pathology Sector of UFRGS. The dog presented enlarged hind limbs and its biochemical exams had revealed a significant increase in creatinine and urea. In the necropsy, hind limbs edema, pale kidneys and mineralization of the renal medulla were observed. Bilateral erosions on the ventral region of the tongue, mineralization of the left atrium endocardium and of the aorta and pulmonary artery walls were also observed. Several dark spots were observed when fragments of kidney were immersed in Lugol’s solution, which corresponded to amyloid deposition in the glomeruli. The presence of amyloid material in the kidneys, liver and thyroid gland in the histopathology was confirmed by the Congo Red staining. The differentiation by potassium permanganate revealed amyloidosis type AA. Since there was no indication of chronic inflammatory disease in this dog, it was assumed that the amyloidosis was of hereditary cause.
Contido em Acta scientiae veterinariae. Porto Alegre, RS. Vol. 36, n.1 (2008), p. 47-50
Assunto Amiloidose
Cães
Patologia veterinaria
[en] Amyloid
[en] Chinese Shar-Pei
[en] Dog
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20647
Arquivos Descrição Formato
000653416.pdf (203.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.