Repositório Digital

A- A A+

Thermal biology of Liolaemus occipitalis (Squamata, Tropiduridae) in the coastal sand dunes of Rio Grande do Sul, Brazil

.

Thermal biology of Liolaemus occipitalis (Squamata, Tropiduridae) in the coastal sand dunes of Rio Grande do Sul, Brazil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Thermal biology of Liolaemus occipitalis (Squamata, Tropiduridae) in the coastal sand dunes of Rio Grande do Sul, Brazil
Outro título Biologia termal de Liolaemus occipitalis (Squamata, Tropiduridae) nas dunas costeiras do Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Bujes, Clovis de Souza
Verrastro Viñas, Laura
Resumo A biologia termal da lagartixa da areia, Liolaemus occipitalis, foi estudada nas dunas costeiras da Praia de Quintão (Palmares do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil; 30° 24’ S e 50° 17’ W), entre setembro de 1998 e agosto de 1999. Liolaemus occipitalis apresentou temperatura corpórea média de 30,89 °C (SD = 4,43 °C; min = 16,4 °C; max = 40,2 °C; N = 270), a qual variou diária e sazonalmente relacionando-se às mudanças termais do microhábitat. A temperatura do substrato foi a fonte de calor de maior importância na termorregulação de L. occipitalis e, em todas as estações, foi responsável pela variação da temperatura dos animais (82% dos lagartos coletados na primavera; 60% no verão; 84% no outono; e 68% no inverno). Os resultados indicaram que L. occipitalis é uma espécie saxícola, tigmotérmica e heliotérmica, que regula sua temperatura corporal por meio de mecanismos comportamentais.
Abstract The thermal biology of the small sand lizard, Liolaemus occipitalis, was studied in the coastal sand dunes at Quintão Beach (Palmares do Sul, Rio Grande do Sul, Brazil; 30° 24’ S and 50° 17’ W), between September, 1998 and August, 1999. Liolaemus occipitalis presented a mean body temperature of 30.89 °C (SD = 4.43 °C; min = 16.4 °C; max = 40.2 °C; N = 270), that varied on a daily and seasonal basis according to microhabitat thermal alterations. The substrate temperature was the main heat source for thermoregulation of L. occipitalis as in all seasons of the year it was responsible for the animals´ temperature variation (82% of the collected lizards in the spring; 60% in the summer; 84% in the fall and 68% in the winter). The results indicate that L. occipitalis is a saxicolous, thigmothermic and heliothermic species that regulates its body temperature through behavioral mechanisms.
Contido em Brazilian journal of biology. São Carlos. Vol. 66, n. 3 (Aug. 2006), p. 945-954
Assunto Liolaemus occipitalis
Quintão (Palmares do Sul, RS)
Temperatura corporal
[en] Body temperature
[en] Liolaemus
[en] Restingas
[en] Thermal biology
[en] Tropiduridae
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20651
Arquivos Descrição Formato
000655017.pdf (310.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.