Repositório Digital

A- A A+

Comparision of different cell cultures for replication of infectious laryngotracheitis virus from chickens

.

Comparision of different cell cultures for replication of infectious laryngotracheitis virus from chickens

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparision of different cell cultures for replication of infectious laryngotracheitis virus from chickens
Outro título Comparação de diferentes cultivos celulares para a replicação do vírus da laringotraqueíte infecciosa das galinhas
Autor Portz, Cristiana
Almeida, Laura Lopes de
Bianco Jr., Alfredo
Reck, Herbert
Franco, Ana Claudia
Canal, Cláudio Wageck
Resumo A propagação do vírus da laringotraqueíte infecciosa tem sido descrita usando culturas de células primárias derivadas de fígado e rim de embrião de galinha ou ovos embrionados, entretanto, essas culturas necessitam de ovos livres de patógenos específicos (SPF) que tomam tempo e custam caro. Desta maneira, culturas de células de linhagem são mais fáceis de manter em laboratório e conduzir os experimentos. A propagação do ILTV foi avaliada em cinco diferentes cultivos celulares: chicken embryo related cells (CER), que é uma linhagem híbrida derivada de fibroblasto de embrião de galinha e BHK-21; a linhagem Vero, derivada de células de rim de macaco verde africano; HD11, uma linhagem de células de macrófagos de galinha; CEC- 32, uma linhagem de fibroblasto de ave; e um cultivo primário de fibroblasto de embrião de galinha (CEF). O efeito citopático foi observado até 96 horas pós-inoculação e a presença do DNA viral foi realizada por PCR. Os cultivos de linhagem HD11 e CEC-32 não propiciaram a propagação viral e os cultivos celulares de CEF e Vero, como previamente descrito, mostraram ser permissíveis à replicação do VLTI. Os resultados também demonstram que a linhagem celular CER também pode ser utilizada para o isolamento e replicação do VLTI.
Abstract The propagation of infectious laryngotracheitis virus (ILTV) has been described using primary cell cultures derived from chicken embryo liver and kidney or embryonated eggs, but these cultures use Specific Pathogen Free (SPF) eggs that are time and cost expensive. Since cell line cultures are easier to maintain in laboratory conditions, the growth of ILTV was evaluated in five different cell cultures: chicken embryo related cells (CER), a cell hybrid derived from chicken embryo fibroblasts cells and BHK-21; Vero, from African green monkey kidney cells; HD11, a chicken macrophage cell line; CEC-32, an avian fibroblast cell line and a primary cell culture of chicken embryo fibroblasts (CEF). Cytophatic effect was observed until 96 hours following inoculation and the detection of the viral DNA was performed by PCR. The HD11 and CEC-32 cell lines did not support the virus growth but CEF and Vero, as already described were permissive cultures for propagation of ILTV. The results also showed that the CER cell line can be used for primary isolation and replication of ILTV.
Contido em Acta scientiae veterinariae. Porto Alegre, RS. Vol. 36, n.2 (2008), p. 101-105
Assunto Aves
Virologia veterinaria : Aves
Virus laringotraqueíte infecciosa : galinhas
[en] Cell Culture
[en] Diagnosis
[en] Gallid Herpesvirus 1
[en] Infectious Laryngotracheitis Virus
[en] Virus Isolation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20703
Arquivos Descrição Formato
000674085.pdf (85.99Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.