Repositório Digital

A- A A+

Serum levels of brain-derived neurotrophic factor in acute and posttraumatic stress disorder : a case report study

.

Serum levels of brain-derived neurotrophic factor in acute and posttraumatic stress disorder : a case report study

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Serum levels of brain-derived neurotrophic factor in acute and posttraumatic stress disorder : a case report study
Outro título Nível sérico do fator neurotrófico derivado do cérebro no transtorno de estresse agudo e no transtorno de estresse pós-traumatico : relato de casos
Autor Hauck, Simone
Gomes, Fabiano
Silveira Júnior, Érico de Moura
Almeida, Ellen Alves de
Possa, Marianne A.
Freitas, Lucia Helena Machado
Resumo Objetivo: O objetivo do estudo foi avaliar os níveis séricos do fator neurotrófico derivado do cérebro em um paciente com transtorno de estresse pós-traumático e em um paciente com transtorno de estresse agudo antes e após o tratamento, comparando esses níveis aos de controles saudáveis. Método: Os níveis do fator neurotrófico derivado do cérebro, a Escala Davidson de Trauma, o Inventário de Depressão de Beck, a Avaliação do Funcionamento Global e a Impressão Clínica Global foram medidos antes e após seis semanas de tratamento. Resultados: Os níveis de fator neurotrófico derivado do cérebro foram maiores nos pacientes, quando comparados aos controles, antes do tratamento. Depois de seis semanas houve redução dos sintomas e melhora do funcionamento nos dois casos. Ao mesmo tempo, houve redução dos níveis de fator neurotrófico derivado do cérebro, mesmo no caso 2, tratado exclusivamente com psicoterapia. Conclusões: Esses resultados sugerem que o fator neurotrófico derivado do cérebro está aumentado tanto no transtorno de estresse pós-traumático quanto no transtorno de estresse agudo, de forma oposta às alterações até então descritas nos transtornos do humor.
Abstract Objective: The aim of this study was to evaluate brain-derived neurotrophic factor levels in two patients, one with posttraumatic stress disorder and one with acute stress disorder, before and after treatment, and to compare those levels to those of healthy controls. Method: Brain-derived neurotrophic factor level, Davidson Trauma Scale, Beck Depression Inventory, Global Assessment of Functioning, and Clinical Global Impression were assessed before and after 6 weeks of treatment. Results: Brain-derived neurotrophic factor levels were higher in patients than in matched controls before treatment. After 6 weeks, there was a reduction in symptoms and an improvement in functioning in both cases. At the same time, brain-derived neurotrophic factor levels decreased after treatment, even in case 2, treated with psychotherapy only. Conclusions: These results suggest that serum levels of brain-derived neurotrophic factor, as opposed to what has been described in mood disorders, are increased in posttraumatic stress disorder as well as in acute stress disorder.
Contido em Revista brasileira de psiquiatria = Brazilian journal of psychiatry. Vol. 31, n. 1 (mar. 2009), p. 48-51
Assunto Estudos de casos
Fator neurotrófico derivado do encéfalo
Resultado de tratamento
Transtornos de estresse pós-traumáticos
Transtornos de estresse traumático agudo
[en] Acute
[en] Brain-derived neurotrophic factor
[en] Case studies
[en] Posttraumatic
[en] Stress disorders
[en] Traumatic
[en] Treatment outcome
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20774
Arquivos Descrição Formato
000697584.pdf (201.2Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.