Repositório Digital

A- A A+

Sob o fardo do ouro negro : as experiências de exploração e resistência dos mineiros de carvão do Rio Grande do Sul na primeira metade da década de 1930

.

Sob o fardo do ouro negro : as experiências de exploração e resistência dos mineiros de carvão do Rio Grande do Sul na primeira metade da década de 1930

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sob o fardo do ouro negro : as experiências de exploração e resistência dos mineiros de carvão do Rio Grande do Sul na primeira metade da década de 1930
Autor Klovan, Felipe Figueiró
Orientador Schmidt, Benito Bisso
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Mineiros de carvão
São Jerônimo (RS)
Sindicalismo
Resumo No então município sul-rio-grandense de São Jerônimo, dentro da conjuntura do governo provisório de Getúlio Vargas e o principio da constituição das leis trabalhistas, em 1933, verifica-se o início de uma série de greves em uma comunidade mineira de carvão que vivia em um mundo próprio moldado pela esfera do trabalho, dominado pelo perigo e pela insalubridade do cotidiano nas minas. A vila operária, caracterizada pelo controle ostensivo das companhias, empunhava-se, relativamente, como dispositivo de controle e disciplina que dominava a vida mineira. Esses fatores não se restringiam ao momento e ao local de trabalho, mas invadiam a sua esfera doméstica. Ao utilizar o arranjo teórico de Thompson, podemos dizer que esses elementos formaram experiências compartilhadas que constituíram uma comunidade peculiar de operários, a qual formou costumes em comum e tradições como o companheirismo, que foi necessário à própria sobrevivência em um ambiente desfavorável. Materializou-se, assim, todo um estilo de vida envolvida em simbolismos resultantes do cotidiano de trabalho na mina e de vivência na vila operária. A forma como essas experiências foram tratadas pelos operários formou uma consciência de classe. A partir destas constatações, a presente monografia pretende analisar de que modo as experiências desses mineiros de carvão da então região de São Jerônimo (RS), elaboradas como consciência de classe, motivaram estes trabalhadores a entrarem em greve no período de 1933 a 1935.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/21090
Arquivos Descrição Formato
000736079.pdf (2.245Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.