Repositório Digital

A- A A+

A exclusão e a inclusão social : depoimentos das praticantes da economia popular solidária

.

A exclusão e a inclusão social : depoimentos das praticantes da economia popular solidária

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A exclusão e a inclusão social : depoimentos das praticantes da economia popular solidária
Outro título Social exclusion and inclusion : Testimonials of praticants of the Solidary Popular Economy
Autor Ferraz, Deise Luiza da Silva
Cavedon, Neusa Rolita
Resumo O objetivo deste trabalho é identificar os significados atribuídos pela mulher à exclusão e à inclusão social. Foram ouvidas onze mulheres que viveram essas duas situações. A inclusão delas na teia social, ainda que sob a égide da dominação masculina, se deu via Economia Popular Solidária, EPS; mais especificamente, por meio do Projeto Etiqueta Popular. Escolheu-se o método etnográfico para a coleta de dados. E, quanto às técnicas, optou-se pela observação participante e por entrevistas semi-estruturadas. A análise desses dados permitiu identificar a existência de três formas de exclusão, quais sejam: a não contratação, a demissão voluntária e a demissão involuntária. A inclusão social dessas mulheres se deu por meio da carteira de artesão, que, para elas, significa a obtenção de uma profissão a ser executada na EPS. Por fim, podemos considerar que tanto as categorias de exclusão quanto as de inclusão estão relacionadas ao desempenho de papéis sociais. A perda de referência desses papéis propicia a exclusão, como é o caso da perda de referência do papel de trabalhadora. Todavia, a inclusão social se dá mediante a formação de novos papéis de referência. E, no Projeto Etiqueta Popular, ocorre mediante a criação de um grupo de profissionais que se propõem a trabalhar de forma solidária.
Abstract The purpose of this paper is to identify the meanings given by women to social exclusion and social inclusion. Eleven women who have been in both situations were listened. Their inclusion in the social web, even under male domination, occurred via Solidary Popular Economy (SPE), more specifically, through Etiqueta Popular Project. The authors adopted the ethnographic method for data collection as well as the participant-observation and half-structured interviews techniques. The data analysis allowed identifying the existence of three forms of exclusion: non-recruitment, resignation and dismissal. The inclusion of these women happened when they obtained their artisan license, which means for them the obtension of a profession to be executed at SPE. Finally, we can consider that both categories – exclusion and inclusion – are related to the performance of social roles. The loss of reference of these roles causes the exclusion, for example, the loss of the role of a worker. However, the inclusion happens with the formation of new reference roles. In the case of the Project Etiqueta Popular it occurs through the formation of a group of professionals which work in a solidary way.
Contido em Cadernos EBAPE.BR. Rio de Janeiro. Vol. 6, n. 4 (dez. 2008), 18 f.
Assunto Economia popular
Economia solidária
Etnografia : Pesquisa etnografica
Exclusão social
Inclusão social
Papel social
Trabalho : Mulher
Trabalho feminino
[en] Social exclusion
[en] Social inclusion
[en] Solidary popular economy
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/21311
Arquivos Descrição Formato
000669806.pdf (226.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.