Repositório Digital

A- A A+

Subjetividade, formação e educação especial : histórias de vida de professoras

.

Subjetividade, formação e educação especial : histórias de vida de professoras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Subjetividade, formação e educação especial : histórias de vida de professoras
Autor Rozek, Marlene
Orientador Baptista, Cláudio Roberto
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Educação especial
Formação
Gadamer, Hans-Georg 1900-2002.
História de vida
Professor
Subjetividade
[en] Education
[en] Life history
[en] Special education
[en] Subjectivity
[en] Teacher formation
Resumo Este trabalho tem como tema o estudo da subjetividade e o processo de formação do professor de alunos que apresentam deficiências. Pretendeu-se compreender os movimentos e percursos do processo de formação pessoal e profissional do sujeitoprofessor, bem como as produções de sentido que configuram a docência com alunos que apresentam diagnóstico de deficiência mental e/ou deficiência múltipla, associados ou não a transtornos psíquicos. Considerando que a subjetividade humana se caracteriza pela produção de sentidos, o presente estudo aponta para a compreensão dos sentidos subjetivos atribuídos às diferentes experiências vividas no contexto da docência com alunos com deficiências. Pretendeu-se compreender, os efeitos de sentidos que possibilitam avançar no entendimento sobre o complexo campo da formação docente, tendo em vista a Educação Inclusiva. A pesquisa valeu-se da abordagem da Narrativa – Histórias de Vida de duas professoras da rede pública estadual de ensino de Porto Alegre, com larga experiência docente na Educação Especial, cujos percursos biográficos foram interpretados à luz da hermenêutica filosófica de Hans-Georg Gadamer. Buscou-se compreender os horizontes discursivos que constituem o ser professor de alunos com deficiências e, assim, as histórias de vida são compreendidas a partir de quatro eixos: o diálogo, a alteridade, a experiência e a construção de si mesmo. Estes buscam discutir os horizontes que demarcam e constituem o percurso formativo das professoras. Tornase possível pensar filosoficamente a formação do professor, buscando conferir um olhar/sentido singular ao conceito de formação, pois considera-se fundamental compreender como o sujeito-professor está construindo e configurando sua existência como professor de alunos com deficiências. Esta compreensão da docência como uma experiência de relação pode permitir a procura do saber-viver consigo mesmo e com o outro.
Abstract This paper has as main theme the study of subjectivity and the process of teacher’s education of students who have deficiencies. It was intended to understand the movements and paths of the process of personal and professional development of the subject-teacher, as well as the productions of senses that shape the teaching of students who have a diagnosis of "mental deficiency" and/or “multiple deficiencies”, associated or not to psychic disorders. Considering that the human subjectivity is characterized by the production of senses, this study points to the comprehension of subjective senses assigned to different lived experiences in the context of teaching students with deficiencies. It was intend to understand the effects on senses that can allow the progress in knowing the complex field of teacher’s education, leading to the Inclusive Education. The research has used the approach of Narrative – The Life Stories of two teachers working in the statewide public teaching system, in Porto Alegre, with extensive teaching experience in Special Education, whose biographies route were interpreted with inspiration of philosophical hermeneutics of Hans-Georg Gadamer. In a try to understand the discursive horizons that constitute the ‘being a teacher’ of students with deficiencies, the life stories aue understood by four main axes: the dialogue axis, the otherness axis, the experience axis and the building of themselves axis. These axes search for discuss the horizons that demarcate and constitute the formative path of the teachers. It becomes possible to think philosophically the teacher’s development, trying to give a unique look/meaning to the concept of formation, because it is considered fundamental to understand how the subject-teacher is building and configuring his\her existence as a teacher of students with deficiences. This understanding of teaching as an experience of relationship could allow the search for know-live with themselves and with others.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/21372
Arquivos Descrição Formato
000736903.pdf (1.432Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.