Repositório Digital

A- A A+

Ensino de fatos básicos aditivos para crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) : possibilidades de intervenção pedagógica na aritmética

.

Ensino de fatos básicos aditivos para crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) : possibilidades de intervenção pedagógica na aritmética

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ensino de fatos básicos aditivos para crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) : possibilidades de intervenção pedagógica na aritmética
Outro título Teaching basic facts of addition to children with attention deficit/hyperactivity disorder (ADHD): Educational intervention possibilities in arithmetic
Autor Costa, Adriana Corrêa
Orientador Dorneles, Beatriz Vargas
Co-orientador Rohde, Luis Augusto Paim
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Aritmética
Dificuldades de aprendizagem
Hiperatividade
Transtorno de déficit de atenção
[en] Attention deficit / Hyperactivity disorder (ADHD)
[en] Education model
[en] Special education
Resumo O armazenamento e/ou o acesso automático e preciso dos fatos aritméticos básicos da memória de longo prazo têm sido apontados como habilidades prejudicadas em crianças com dificuldades aritméticas e com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade. Em vista disso, esse grupo de estudantes acaba por utilizar procedimentos de contagem mais imaturos do que seus pares sem dificuldades. O objetivo principal deste estudo é avaliar a eficácia de um programa de ensino de fatos básicos aditivos, como um recurso para a mudança de um procedimento baseado na contagem para outro apoiado na memória. Para alcançar essa meta, a pesquisa consta de dois estudos. O primeiro busca identificar e descrever os procedimentos de contagem e os processos de memória utilizados por um grupo de 28 estudantes, com idades entre 8 anos e 14 anos, com TDAH-D ou TDAH-C que participam do Programa de Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade (PRODAH/HCPA). Os resultados indicaram que os estudantes continuavam usando procedimentos de contagem considerados imaturos além da série esperada e que, dentre os processos de memória, a decomposição era o mais usado. Para o segundo estudo, foram convidadas a participar as crianças que utilizaram procedimentos de contagem no estudo 1. Dessa forma, o segundo estudo visa avaliar a eficácia de um modelo de intervenção pedagógica dirigida ao ensino de fatos básicos aditivos, como um recurso para o avanço nos procedimentos de contagem em 7 crianças com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade com idade média de 9,8 anos. Trata-se de uma pesquisa experimental com ensaio clínico controlado randomizado, cego, em paralelo. Resultados demonstraram que o modelo de intervenção pedagógica testado é promissor para a mudança de um procedimento de contagem para um apoiado na memória. Os resultados sugerem que: 1) um programa de ensino cuidadosamente desenhado proporciona avanço para um processo de memória e 2) estudantes com TDAH necessitam de mais tempo de prática em um procedimento aliado a um ensino explícito.
Abstract The storage and/or automatic and accurate access of the basic facts of addition from the long term memory have been registered as impaired abilities in children with arithmetical difficulties and with Attention Deficit/Hyperactivity Disorder (ADHD). As a result, this group of students ultimately uses more immature counting procedures than their without difficulty peers. The aim of this study is to evaluate the effectiveness of a program for teaching basic facts of addition, as a resource for a procedure change, based on the counting to other procedure supported by memory. To achieve this goal, the research consists of two studies. The first one seeks to identify and describe the counting procedures and memory processes used by a group of 28 students, aged between 8 and 14 years, with ADHD-I or ADHD-C who participated in the Attention Deficit/Hyperactivity Disorder Program (PRODAH/HCPA). The results indicated that students still were using counting procedures considered immature beyond the expected series and that, among the memory processes, the decomposition was the most used one. For the second study, there were invited to participate children who used counting procedures of study 1. Thus, the second study aims to evaluate the effectiveness of a educational intervention model directed to the teaching of basic facts of addition, as a resource to the advancement in the counting procedures on 7 children with Attention Deficit/Hyperactivity Disorder with an average age of 9,8 years. This is an experimental research with randomized controlled clinical trial, blind, in parallel. The results showed that the tested educational intervention model is promising to change a counting procedure for one supported by memory. The results show that: 1) a carefully designed education program provides advance for a memory process and 2) students with ADHD need more practice time in a procedure, linked to a specific teaching.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/21373
Arquivos Descrição Formato
000736908.pdf (9.247Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.