Repositório Digital

A- A A+

A exposição ao fumo de cigarros em lesões do colo uterino : um estudo de caso-controle

.

A exposição ao fumo de cigarros em lesões do colo uterino : um estudo de caso-controle

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A exposição ao fumo de cigarros em lesões do colo uterino : um estudo de caso-controle
Autor Santos, Viviane Kubiszewski dos
Orientador Bozzetti, Mary Clarisse
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Colo do útero
Ferimentos e lesões
Fumo
Tabaco
Resumo A infecção do colo uterino por tipos oncogênicos do HPV é a causa principal para desenvolvimento de lesões cervicais de baixo (LSIL) e alto grau (HSIL), bem como do câncer invasivo. No entanto, considerando que um grande número de mulheres infectadas por HPVs oncogênicos não desenvolve o câncer cervical, torna-se necessário verificar o papel de outros potencias fatores de risco, como o tabagismo, no desenvolvimento desse tipo de câncer. Este estudo de caso-controle tem como objetivo verificar a associação da exposição ativa ao tabagismo com a infecção genital pelo Papilomavírus humano e com o grau de lesões em colo uterino. Para tal, utilizamos uma amostra de 306 mulheres. O grupo caso foi composto por 84 mulheres com infecção genital pelo HPV e com alteração no exame histopatológico do colo uterino. O grupo controle corresponde a 222 mulheres HPV-DNA negativas e sem alteração ao exame citopatológico da cérvice uterina. A detecção e a genotipagem do HPV foram feitas por PCR, utilizando os primers GP5+/GP6+ e primers específicos para os HPVs 16, 18 e 31. Foi utilizada Regressão Logística Múltipla para verificar a associação das variáveis estudadas com os desfechos (i) infecção genital pelo HPV e (ii) grau de lesões cervicais. As variáveis independentemente associadas à infecção pelo HPV foram grupo etário inferior a 35 anos (OR 4,83; IC95% 2,28-10,20) e fumo de cigarros (OR 2,80; IC95% 1,55-5,08). O fumo também mostrou-se associado ao grau de lesão cervical - HSIL (OR 14,5; IC95% 3,07-66,7; p=0,001). A baixa escolaridade (p=0,06) e histórico de DSIs (p=0,07) apresentaram associação limítrofe com este desfecho. Os resultados sugerem associação entre o fumo de cigarros com infecção genital pelo HPV e com lesões cervicais de alto grau. Esses achados relevam a importância do controle da exposição ao fumo em medidas de prevenção do câncer de colo uterino.
Abstract The infection of the cervix by oncogenic HPV is the main cause for developing low grade cervical lesions (LSIL), high grade cervical lesions (HSIL) and invasive cancer. However, considering that a large number of women infected with oncogenic HPVs do not develop cervical cancer, it is necessary to examine the role of other potencial risk factors, such as cigarette smoking, in the development of this type of cancer. This case-control study aims to investigate the association of exposure to active smoking and genital infection with human papillomavirus and the degree of lesions in the cervix. To this end, a sample of 306 women was used. The case group comprised 84 women with genital HPV infection and with abnormal histopathology of the cervix. The control group consists of 222 HPV-DNA negative women with no alterations in the cytological examination of the uterine cervix. The HPV detection and genotyping were performed by PCR, using primers GP5 + / GP6 + and specific primers for HPV 16, 18 and 31. Multiple logistic regression was used to verify the association of variables with the outcomes (i) genital HPV infection and (ii) degree of cervical lesions. Variables independently associated with HPV infection were age <35 years old (OR 4.83; 95% CI 2.28-10.2) and cigarette smoking (OR 2.8; 95%CI 1.55-5.08). Smoking also was associated with the degree of cervical lesions - HSIL (OR 14.5; 95% CI 3.07-66.7; p= 0.001). Low education level (p=0.06) and STIs history (p=0.07) showed borderline association with this outcome. The results suggest an association between cigarette smoking and genital HPV infection and high-grade cervical lesions. These findings emphasize the importance of controlling exposure to cigarette smoking on measures to prevent cervical cancer.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/21441
Arquivos Descrição Formato
000737891.pdf (1.101Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.